F1: Sirotkin acredita que falta de experiência na F1 “não será problema”

Sergey Sirotkin foi anunciado, na última terça-feira, como novo piloto da Williams para 2019. O piloto russo venceu a disputa pela vaga com Robert Kubica, substituindo Felipe Massa como companheiro de Lance Stroll em sua primeira temporada na Fórmula 1. A dupla será a mais jovem do grid, o que levantou questões quanto à pouca experiência dos pilotos. No entanto, o russo de 22 anos está ciente das dificuldades e acredita que isso não será um problema.

“Eu sei que o me espera na F1”, afirmou Sirotkin à agência russa Tass. “Vou fazer tudo que sou capaz, e isso será suficiente. Definitivamente, não é uma vantagem não conhecer alguns circuitos, mas há quatro horas de treinos livres. Então, acho que não será um problema, ainda mais com todo o trabalho que será feito no simulador”, completou.

Sirotkin terminou as temporadas de 2015 e 2016 da GP2 em terceiro lugar e passou dois anos como piloto de testes e reserva da Renault, cumprindo sessões de treinos livres de sexta-feira.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *