F1 TV cresce e chegará a oito novos mercados em fevereiro

Lançada no início da temporada passada como “uma jornada de transformação da Fórmula 1 na era digital”, a F1 TV está completando um ano e, para comemorar, chegará a novos mercados a partir de 18 de fevereiro.

De acordo com a Liberty Media, atual dona da Fórmula 1, a plataforma de streaming estará disponível em oito novos mercados europeus: Chipre, Dinamarca, Grécia, Holanda, Malta, Noruega, Portugal e Suécia. Na Holanda, por exemplo, o lançamento ocorre em parceria com a rede de televisão por assinatura Ziggo Sports.

A promessa é de que, no decorrer do ano, novos mercados sejam adicionados à lista, que, agora, já conta com 59 países. O Brasil segue fora da lista, por conta do contrato com o Grupo Globo, que detém os direitos exclusivos de transmissão para televisão e internet no país.

“Após o lançamento beta da F1 TV no ano passado, nossa meta é continuar a melhorar o produto para incluir mais mercados, conteúdos e plataformas. Nossa ambição é fornecer aos fãs um ótimo produto que lhes permita personalizar sua experiência de visualização e aprofundar o insight disponível sobre o esporte que amam”, revelou Frank Arthofer, diretor de licenciamento digital e novos negócios da Fórmula 1.

Outra novidade é que o serviço de streaming ainda transmitirá os testes de inverno da categoria, uma espécie de pré-temporada, pela primeira vez. Os assinantes terão a oportunidade de assistir a oito horas de cobertura ao vivo de Barcelona todos os dias, além de um resumo diário com uma hora de duração.

“Ao transmitir os testes pela primeira vez, estamos garantindo que os assinantes da F1 TV Pro sejam recompensados ​​com todas as ações mais recentes da pré-temporada”, completou Frank Arthofer.

Vale lembrar que, na semana passada, a Fórmula 1 informou que os números de audiência da categoria aumentaram nas plataformas digitais e também nos canais de TV durante a temporada de 2018. Para se ter uma ideia, o público global apenas na televisão cresceu para mais de 1,7 bilhão de espectadores.

Fonte: Máquina do Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *