F1: Valtteri Bottas marca a pole para o GP da Espanha

O finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) conquistou neste sábado (11/05) a pole-position para o GP da Espanha, no Circuito de Barcelona-Catalunha, em Montmelò, quinta etapa da temporada. Com o tempo de 1m15s406 marcado logo no início da Q3, Bottas alinha pela terceira vez consecutiva a posição de honra.

Também pela terceira vez consecutiva, o britânico Lewis Hamilton completa a dobradinha da Mercedes na primeira fila. Bottas foi 0s634 mais rápido do que o pentacampeão.

O alemão Sebastian Vettel (Ferrari) divide a segunda fila com o holandês Max Verstappen (Red Bull). O monegasco Charles Leclerc (Ferrari) e o francês Pierre Gasly (Red Bull) formam a terceira fila.

A quarta fila é formada pela dupla da Haas, o francês Romain Grosjean e o dinamarquês Kevin Magnussen.

O russo Daniil Kvyat (Toro Rosso) e o britânico Lando Norris (McLaren) fecham os dez primeiros.  

Grid:

1 – Valtteri Bottas (Mercedes) – 1’15″406 – Q3
2 – Lewis Hamilton (Mercedes) – 1’16″040 – Q3
3 – Sebastian Vettel (Ferrari) – 1’16″272 – Q3
4 – Max Verstappen (Red Bull-Honda) – 1’16″357 – Q3
5 – Charles Leclerc (Ferrari) – 1’16″588 – Q3
6 – Pierre Gasly (Red Bull-Honda) – 1’16″708 – Q3
7 – Romain Grosjean (Haas-Ferrari) – 1’16″911 – Q3
8 – Kevin Magnussen (Haas-Ferrari) – 1’16″922 – Q3
9 – Daniil Kvyat (Toro Rosso-Honda) – 1’17″573 – Q3
10 – Lando Norris (Mc Laren-Renault) – 1’17″338 – Q2
11 – Alexander Albon (Toro Rosso-Honda) – 1’17″445 – Q2
12 – Carlos Sainz (McLaren-Renault) – 1’17″599 – Q2
13 – Daniel Ricciardo (Renault) – 1’18″106 – Q3 **
14 – Kimi Raikkonen (Alfa Romeo-Ferrari) – 1’17″788 – Q2
15 – Sergio Perez (Racing Point-Mercedes) – 1’17″886 – Q2
16 – Nico Hulkenberg (Renault) – 1’18″404 – Q1
17 – Lance Stroll (Racing Point-Mercedes) – 1’18″471 – Q1
18 – Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo-Ferrari) – 1’18″664 – Q1
19 – Robert Kubica (Williams-Mercedes) – 1’20″254 – Q1
20 – George Russell (Williams-Mercedes) – 1’19″072 – Q1 *

* Punido em cinco posições por troca da caixa de marchas
** Punido em três posições por um toque em Kvyat no GP do Azerbaijão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *