F1: Van der Garde e Sauber fazem acordo provisório

O holandês Giedo van der Garde fez um acordo provisório com a equipe Sauber, e retirou a ação que movia contra a equipe suíça na justiça australiana.

Com isso, o brasileiro Felipe Nasr garantiu a sua estreia na categoria neste final de semana. O sueco Marcus Ericsson é o outro piloto da equipe em Melbourne.

“Pelo respeito ao interesse do automobilismo e da Fórmula 1, eu decidi desistir de meus direitos legais para a corrida deste fim de semana. A decisão tem sido muito difícil para mim, mas eu também gostaria de respeitar o interesse da FIA, da Sauber e de Nasr e Ericsson”, disse Van der Garde por meio do Facebook.

Van der Garde ganhou na justiça o direito de guiar um dos carros da equipe, por ter um contrato válido. A equipe protestou,  e teve o apelo negado.

A FIA também não liberou a Superlicença, documento obrigatório para guiar um F-1, para o holandês.

O acordo firmado, contudo não encerra o caso. O holandês confirmou que continuará negociando com a equipe, na próxima semana, para “encontrar uma solução mutuamente aceitável” para o caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *