F1: Vítima de queimadura, mecânico da Williams retorna à Inglaterra

O mecânico da Williams que sofreu queimaduras durante o incêndio no paddock do circuito de Barcelona já voltou para casa. Após dois dias internado em um hospital da Espanha, o funcionário apresentou condição estável e retornou à Inglaterra nesta quarta-feira.

“Ele está em condições estáveis e com um bom espírito. Voltou hoje à Inglaterra para receber mais assistência médica”, disse o engenheiro chefe do time de Grove, Mark Gillan.

Na última segunda-feira, outros dois funcionários que haviam inalado muita fumaça no acidente já haviam voltado ao país sede da escuderia comandada por Frank Williams. Apesar da liberação das vítimas, a causa do incêndio segue desconhecida. “As investigações sobre o real motivo do incêndio estão em andamento, sendo realizadas ao lado de autoridades locais e da Federação Internacional de Automobilismo (FIA)”, encerrou Gillan.

Ainda sem os resultados das investigações, a Williams acredita que a causa do incidente seja um combustível que estava sendo preparado para transporte nos boxes.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *