F1: Webber lidera e Massa é o melhor brasileiro no último treino

No último treino livre antes da tomada de tempos para o Grande Prêmio da Austrália, o ferrarista Felipe Massa foi o mais rápido entre os brasileiros. Em Melbourne, o piloto da escuderia italiana viu o local Mark Webber, da Red Bull, empolgar a torcida ao terminar em primeiro.

Apenas três competidores conseguiram rodar na casa dos 1min24s. Cercado pela expectativa dos fãs australianos, Webber registrou 1min24s719. Ganhador da primeira prova da temporada, o espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, foi 0s210 mais lento. No volante da Mercedes, o alemão Michael Schumacher fez 1min24s963.

As sete primeiras colocações do último treino livre foram monopolizadas pelas equipes cotadas ao título da temporada. Companheiro de Webber na Red Bull, o alemão Sebastian Vettel foi o quarto, seguido pelo compatriota Nico Rosberg, parceiro de Schumacher na Mercedes.

Em seguida, veio a dupla de britânicos campeões mundiais que defende a McLaren. No sexto posto, Jenson Button, atual detentor do título. Lewis Hamilton, que triunfou em 2008, completou o grupo dos sete primeiros. O alemão Adrian Sutil, da Force India, ficou em oitavo e rompeu o domínio das quatro grandes.

Felipe Massa acabou como o melhor brasileiro com a marca de 1min25s549, a 0s830 do tempo alcançado por Mark Webber. Superado pelo italiano Vitantonio Liuzzi, mais um representante da Force India, o veterano Rubens Barrichello foi o 11º (1min25s852) e viu o alemão Nico Hulkenberg, seu companheiro na Williams, no 17º posto (1min26s804).

Mais uma vez, a Lotus foi a melhor entre as equipes estreantes ao colocar o finlandês Heikki Kovalainen em 19º e o italiano Jarno Trulli, em 20º. Com a marca de 1min30s800, o brasileiro Lucas Di Grassi conseguiu superar o alemão Timo Glock, seu companheiro na Virgin, que registrou 1min31s114.

Com problemas de pressão hidráulica, Bruno Senna chegou a sair da pista na metade do treino e ficou em último com o tempo de 1min36s649, a 11s930 de Mark Webber, depois de completar apenas oito voltas. O indiano Karun Chandhok, companheiro do piloto brasileiro na Hispania, foi mais de dois segundos melhor e ficou em 23º.

O treino que define as posições no grid de largada para o Grande Prêmio da Austrália será realizado a partir das 3h (de Brasília) deste sábado. Já a corrida no circuito urbano de Albert Park, a segunda da temporada, está marcada para o mesmo horário de domingo.

Confira os tempos do último treino livre:

1: Mark Webber (AUS/Red Bull) – 1min24s719 (16 voltas)
2: Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – 1min24s929 (19)
3: Michael Schumacher (ALE/Mercedes) – 1min24s963 (17)
4: Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) – 1min25s122 (19)
5: Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – 1min25s366 (16)
6: Jenson Button (ING/McLaren) – 1min25s399 (20)
7: Lewis Hamilton (ING/McLaren) – 1min25s505 (14)
8: Adrian Sutil (ALE/Force India) – 1min25s525 (18)
9: Felipe Massa (BRA/Ferrari) – 1min25s549 (20)
10: Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India) – 1min25s782 (19)
11: Rubens Barrichello (BRA/Williams) – 1min25s852 (17)
12: Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso) – 1min26s104 (21)
13: Robert Kubica (POL/Renault) – 1min26s184 (21)
14: Kamui Kobayashi (JAP/Sauber) – 1min26s275 (21)
15: Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso) – 1min26s368 (17)
16: Vitaly Petrov (RUS/Renault) – 1min26s661 (19)
17: Nico Hulkenberg (ALE/Williams) – 1min26s804 (19)
18: Pedro de la Rosa (ESP/Sauber) – 1min26s818 (18)
19: Heikki Kovalainen (FIN/Lotus) – 1min29s539 (19)
20: Jarno Trulli (ITA/Lotus) – 1min29s800 (16)
21: Lucas Di Grassi (BRA/Virgin) – 1min30s800 (18)
22: Timo Glock (ALE/Virgin) – 1min31s114 (12)
23: Karun Chandhok (IND/HRT) – 1min34s334 (11)
24: Bruno Senna (BRA/HRT) – 1min36s649 (8)

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *