F1: Williams admite risco de perder Rosberg

O co-proprietário da Williams, Patrick Head, afirmou nesta terça-feira que a equipe corre sério risco de perder Nico Rosberg caso não consiga fornecer ao piloto alemão um carro que lhe dê reais chances de figurar entre os primeiros do grid.

No final da última temporada, a McLaren chegou a sondar Rosberg antes de fechar com Heikki Kovalainen. A Williams, porém, bancou o jovem de 22 anos, pois acredita que o alemão é peça fundamental nos planos da escuderia de voltar a ser uma das grandes da Fórmula 1.

“Ele está muito determinado em ser um piloto de sucesso e nós também queremos voltar a ser uma equipe de sucesso. Nós temos que dar um carro competitivo para ele. Senão, ao final desta temporada as especulações vão voltar e o final da história pode ser diferente”, disse Head.

A Williams comemora nesta temporada seu 30º aniversário, mas não está em uma boa fase. A última vitória da equipe foi em 2004, com o colombiano Juan Pablo Montoya, no GP do Brasil. Já o último título completou uma década, com o canadense Jacques Villeneuve sendo campeão em 1997.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *