F1: Williams deve vender até 28% da equipe, diz jornal

Dirigente planeja vender ações do time na Bolsa de Valores

Para assegurar a saúde financeira da sua equipe de Fórmula 1, Frank Williams pode colocar até 28% das ações do time à venda na Bolsa de Valores de Frankfurt, de acordo com o jornal econômico britânico “The Wall Street Journal”.

No fim de janeiro, Frank emitiu um comunicado à imprensa explicando que estudava a possibilidade de abrir a equipe à acionistas públicos para garantir uma estabilidade após a perda de quatro patrocinadores ao fim de 2010.

A notícia gerou um pouco de incertezas sobre a real situação financeira da tradicional equipe, mas Sam Michael, diretor técnico, e Adam Parr, presidente da Williams, garantiram que o orçamento do time para 2011 está garantido.

Em Valência o novo carro da equipe apareceu com uma pintura provisória e apenas dois patrocinadores no bólido, a PDVSA, petrolífera venezuela levada à equipe por Pastor Maldonado, e a AT&T, gigante norte-americana de telecomunicações.

Fonte: LANCEPRESS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *