F2: Na estreia com um F2, Deco Negrão experimenta piso seco e molhado em Portimão

Piloto de Campinas foi o 11º mais rápido do dia e testa novamente nesta sexta

Em seu primeiro contato com um carro de Fórmula 2 no circuito de Portimão, na região do Algarve, em Portugal, nesta quinta-feira (2), o brasileiro André Negrão conseguiu desfrutar de diferentes condições climáticas para avaliar melhor o carro da categoria – que pode ser uma opção para o jovem piloto de 18 anos na temporada de 2011. O campeonato, que tem chancela da FIA (Federação Internacional do Automóvel) e é organizado pelo ex-piloto inglês de Fórmula 1 Jonathan Palmer, iniciou hoje dois dias de treinos no autódromo português – que já foi palco de testes da própria F1.

A F2 é uma categorias que a Novac – empresa que administra a carreira do piloto -, considera como destino de Negrão na temporada de 2011; as outras possibilidades são repetir a F-Renault 2.0 ou ingressar na F-Renault 3.5. Trata-se do segundo teste do brasileiro, que em 2010 venceu a primeira exibição internacional da categoria italiana F-Abarth (em Spa-Francorchamps, na Bélgica) e liderou várias provas da F-Renault 2.0 (onde também obteve poles e resultados de destaque). Em outubro, ele já havia realizado testes na F-Renault 3.5 em Barcelona (Espanha).

Correndo contra adversários mais experientes – a maioria já disputou corridas de F2 ou, pelo menos, campeonatos de F3 -, Negrão, que completou em 2010 sua primeira temporada integral na Europa, terminou a quinta-feira com o 11º melhor tempo entre os 14 pilotos que treinaram. Na primeira sessão, pela manhã, o brasileiro logo se adaptou à forte chuva que atingiu a pista portuguesa e chegou a andar na quarta colocação. No final do treino, no entanto, o piso secou, mas o campineiro não conseguiu fechar mais do que uma volta com os pneus slick, e acabou ficando em 13º. Seu desempenho melhorou na segunda sessão, à tarde, quando foi o 12º.

O dia terminou com um treino mais curto, de 40 minutos (as outras duas sessões tiveram duas horas de pista livre), no qual os pilotos puderam utilizar o turbo em situação de corrida nos seus motores Audi, que complementam o chassi projetado pela equipe Williams (e que segue os padrões de segurança da FIA do Mundial de F1 de 2005). Mais habituado com o carro, Negrão cravou 1min37seg368, sua melhor marca do dia e décimo tempo da sessão (11º no geral), superando inclusive a polonesa Natalia Kowalska, que disputou quase todas as corridas da temporada de 2010 da F2:

“Gostei do treino, foi muito interessante. Hoje, pude conhecer melhor o carro; amanhã, após essa experiência inicial, espero chegar mais próximo do limite”, comentou Deco Negrão, que retorna à pista nesta sexta-feira.

O treino de hoje, que teve volta mais rápida do britânico Jack Clarke (1min35seg515), também contou com outros sobrenomes conhecidos do automobilismo, como Alex Brundle (filho do inglês Martin Brundle), Jolyon Palmer (filho de Jonathan Palmer) e Vincent Beltoise (sobrinho de Jean-Pierre Beltoise), cujos parentes mais famosos se destacaram na F-1 nas décadas passadas.

A Novac Sports Business é o braço esportivo da Novac Business, uma empresa de capital inteiramente nacional e destinada a desenvolver carreiras voltadas para o esporte de alto desempenho. Para atingir esse objetivo a Novac Sport Business aplica técnicas de administração de negócios, comunicação e marketing formuladas por profissionais com experiência internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *