F3 Asiática: Brasileiro Rafael Suzuki termina em quarto nas Filipinas

Chuva prejudicou brasileiro que largou da pole position na Fórmula 3 Asiática.

O verdadeiro dilúvio que caiu neste sábado (11/1) sobre o circuito de Batangas, nas Filipinas, impediu que o brasileiro Rafael Suzuki (SVLabs/MeuCarro.jp/Shutt) aproveitasse a sua pole position e terminou as quinta e sexta etapas da Fórmula 3 Asiática na quarta posição. “Hoje foi difícil. Eu nunca tinha corrido na chuva, com tanto spray, aquaplanagem nas curvas de alta, muro perto…”, desabafou o paulista, que agora ocupa a quarta posição no certame, que terá mais duas provas neste domingo.

Na primeira prova, mesmo sob protesto dos pilotos, a largada foi autorizada com os carros parados sob intensa chuva. Rafael Suzuki largou bem da pole position, mas como estava na frente, foi o primeiro a enfrentar as poças d’água que se formaram no circuito. “Depois de uns 50 metros tentei ir para o lado de dentro da pista para defender a minha posição, mas eu aquaplanei e tive que aliviar para não rodar”, explicou o paulista, que caiu para a quinta posição.

A corrida foi meio “sem graça” por causa do spray de água, que estava muito forte, e os pilotos só procuraram se manter no traçado. “A pista tem muitos bumpings e por causa da chuva forte o carro aquaplanava em grande parte do circuito. Algumas partes da pista parecem com Tarumã (autódromo do Rio Grande do Sul), com curvas extremamente rápidas e perto do muro, só que com ondulações”, opinou sobre o traçado de 3,4 km onde o brasileiro se tornou o novo recordista com a pole position de sexta-feira. “É completamente diferente Kart e Fórmula na chuva, principalmente as ‘traseiradas’. No kart você corrige. Aqui, com sorte você fica na pista”, completou o atual campeão da Seletiva Petrobras de kart, que estava fazendo apenas a sua 12ª corrida de carros e a primeira com piso molhado. Suzuki acabou ultrapassando o irlandês Niall Quinn e recebeu a bandeirada em quarto. A vitória ficou com o barenita Hamad Al Fardan, vice-líder do campeonato.

Na sexta etapa Suzuki largou bem da quarta posição e chegou na primeira curva, em formato de U bem fechado, brigando com o inglês Matt Howson, que havia partido da segunda colocação. “Tive um toque com o Howson e dei sorte de não rodar”, contou o representante da SVLabs/MeuCarro.jp/Shutt, que caiu para o quinto posto. Cinco voltas depois o brasileiro ultrapassou Quinn e novamente terminou em quarto. A vitória ficou com o belga Frederic Vervisch, líder do certame com 108 pontos, 10 de vantagem sobre Al Fardan, segundo nesta prova.

A previsão para domingo nas Filipinas é que o calor continue por volta de 25 graus centígrados, com possibilidade de chover novamente. “Em termos de resultado imediato, acho que com a pista seca o meu desempenho é mais realista. No entanto, se chover, ela será bem-vinda, pois preciso ganhar experiência e melhorar ainda mais para brigar pela vitória no molhado”, analisou o novato.

Confira os seis primeiros colocados na quinta etapa:

1- Hamad Al Fardan (Team GFH Bahrain), Bahrein
2- Matt Howson (PTRS Racing), Inglaterra
3- Frederic Vervisch (Team Goddard), Bélgica
4- Rafael Suzuki (Team Goddard), BRASIL
5- Niall Quinn (Aran Racing), Irlanda
6- John O’Hara (Aran Racing), Irlanda

Confira os seis primeiros colocados na sexta etapa:

1- Frederic Vervisch (Team Goddard), Bélgica
2- Hamad Al Fardan (Team GFH Bahrain), Bahrein
3- Matt Howson (PTRS Racing), Inglaterra
4- Rafael Suzuki (Team Goddard), BRASIL
5- Niall Quinn (Aran Racing), Irlanda
6- Don Tacos, (Speedtech), Inglaterra

Após seis etapas, o Campeonato de Fórmula 3 Asiática está assim:

1°) Fredéric Vervisch (Goddard), Bélgica, 108 pontos;
2°) Hamad Al Fardan (GFH Bahrain), Bahrain, 98;
3°) Matthew Howson (PTRS), Grã Bretanha, 73;
4°) Rafael Suzuki (Goddard), Brasil, 68;
5°) Arturo Gonzalez (Aran Racing), México, 34;
6°) David Julian (Goddard), Estados Unidos, 24;
7º) Niall Quinn (Aran Racing), Irlanda, 16;
8º) Paulo Ip (PTRS), China, 15;
9º) John O’Hara (Aran Racing), Irlanda, 8;
10º) Don Tacos (Speedtech), Inglaterra, 6;
10º) Wei Liang Chen (PTRS), China,6.

Está é a programação de encerramento da rodada quádrupla em Batangas (horário local, 10 horas à frente de Brasília), neste domingo:

11h30: Largada para a 7ª etapa
14h00: Largada para a 8ª etapa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *