F3 Asiática: Rafael Suzuki briga pelo vice-campeonato asiático neste domingo

O piloto paulista venceu pela primeira vez na carreira nas Filipinas e soma mais três pódios neste final de semana.

O brasileiro Rafael Suzuki (SVLabs/MeuCarro.jp/Shutt) terá a última oportunidade de conquistar um vice-campeonato internacional no automobilismo em sua primeira temporada no esporte. Neste domingo (30/3) ele participa das duas últimas etapas do Super Racing Festival, uma maratona de seis corridas em Batangas, nas Filipinas, que encerra o Campeonato Asiático de Fórmula 3. “Depois de ter vencido na sexta-feira a minha primeira corrida, e ter somado dez pódios seguidos, só espero fechar o domingo com chave de ouro. Motivação é o que não me falta”, anima-se o paulista, que ocupa a terceira posição no certame, 26 pontos atrás do inglês Matthew Howson (PTRS). O experiente belga Fredéric Vervisch (Goddard) garantiu o título no sábado.


 


Na 15ª etapa do Campeonato Asiático de F-3, terceira corrida da supermaratona de competições do final de semana, Rafael Suzuki largou em segundo e terminou nesta mesma posição, depois de ter batido rodas com o vencedor Fredéric Vervisch na disputa pela liderança na primeira volta, e brigado muito com Matthew Howson pelo segundo posto. “Larguei bem e forcei uma ultrapassagem sobre o Howson logo na primeira volta. Ele se defendeu muito bem e num certo momento nós quase nos tocamos numa freada forte e o Vervisch aproveitou e nos ultrapassou”, contou o brasileiro de 20 anos de idade. “Após isso o Howson como sempre se defendeu de todos os jeitos. É muito difícil ultrapassar em Batangas em circunstancias normais, principalmente devido ao downforce perdido pelo carro de trás. Forcei a corrida toda atrás dele até ele rodar na penúltima volta”, completou o representante da SVLabs/ MeuCarro.jp/ Shutt.


 


No complemento da programação de sábado, Suzuki não pôde aproveitar da sua posição na primeira fila do grid, pois novamente teve problemas de embreagem e o motor de seu carro apagou na largada. “Claro, fiquei desapontado com a largada novamente, mas a corrida de recuperação foi muito boa”, apontou. Religando rapidamente o monoposto ele saiu em oitavo e no complemento da primeira volta já estava em quarto. Na quinta passagem o brasileiro já começou a brigar pelo terceiro posto com Ead Pead (Aran Racing), e consumou a ultrapassagem no nono giro, garantindo seu quarto pódio nos “Asian Formula Three Trophy” e “AF3 Trophy Champion Driver”, certames paralelos ao campeonato asiático, compostos pelas seis últimas provas disputadas neste final de semana.


 


“Até chegar no Pead, que tinha muita velocidade de reta e um ritmo forte, fiquei durante umas quatro voltas atrás dele até ultrapassa-lo faltando três voltas. Consegui forçar em uma curva de baixa, cheguei a colocar uma roda na grama. Foi sensacional e divertido. Meu ritmo era muito bom mesmo e depois cheguei no Howson na última volta, mas não tive tempo para ultrapassa-lo”, explicou o atual campeão da Copa Petrobras de Kart, que no começo do mês completou um ano em que estreou em monopostos, na Fórmula São Paulo.


 


Confira o resultado da 15ª etapa da F3 Asiática


 


1°) Fredéric Vervisch (Goddard), Bélgica;


2°) Rafael Suzuki (Goddard), Brasil;


3°) Ed Pead (Aran Racing), Inglaterra;


4°) Matthew Howson (PTRS), Inglaterra;


5º) Leonardo Valois (Aran Racing), Colômbia;


6°) Rolando Hermoso (Speedtech), Filipinas.


 


Assim ficou a 16ª etapa da F3 Asiática


 


2°) Fredéric Vervisch (Goddard), Bélgica;


1°) Matthew Howson (PTRS), Inglaterra;


3°) Rafael Suzuki (Goddard), Brasil;


4°) Ed Pead (Aran Racing), Inglaterra;


5º) Leonardo Valois (Aran Racing), Colômbia;


6°) Rolando Hermoso (Speedtech), Filipinas.


 


A classificação do Campeonato Asiático de F-3 está assim após 16 etapas:


 


1°) Fredéric Vervisch (Goddard), Bélgica, 280 pontos;


2°) Matthew Howson (PTRS), Inglaterra, 217;


3°) Rafael Suzuki (Goddard), Brasil, 191;


4°) Hamad Al Fardan (GFH Bahrain), Bahrain, 126;


5º) Niall Quinn (Aran Racing), Irlanda, 47;


6º) Ed Pead (Aran Racing), Inglaterra, 42;


7°) Arturo Gonzalez (Aran Racing), México, 34;


8º) Don Tacos (Speedtech), Inglaterra, 30;


9º) Leonardo Valois (Aran), Colombia, 24;


10º) Paulo Ip (PTRS), China, 21.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *