F3 Brasil: Matheus Iorio vence a penúltima do ano na F3 Brasil

Largando da pole, campeão de 2016 até sofreu pressão inicial de Guilherme Samaia, mas encaixou sequência de voltas rápidas de forma a conseguir margem para vencer mais uma vez na temporada

Matheus Iorio conquistou na tarde deste sábado (10) em Interlagos a sua décima vitória da temporada 2016 da Fórmula 3 Brasil. Campeão antecipado da categoria mais veloz do continente, o paulistano largou da pole position, liderou todas as voltas e ainda marcou a volta mais rápida da disputa. Em segundo lugar terminou Guilherme Samaia, com Christian Hahn fechando em terceiro.

A prova começou com pista seca e boas disputas. Samaia colocou intensa pressão sobre Iorio no terço inicial da corrida, mas depois o campeão de 2016 passou a encaixar uma sequência de voltas mais rápidas da corrida para abrir distância em relação ao seu companheiro de equipe. Nos giros finais, uma leve garoa piorou as condições de aderência, e assim Matheus recebeu a bandeirada com mais de seis segundos de vantagem.

O paulistano de 19 anos já faz planos para o início de sua carreira internacional. Recentemente, o piloto fez testes na Europa e deve disputar a F3 EuroOpen. E falou em clima de despedida. “A gente está começando a costurar a carreira internacional, já tentando negociar a equipe lá fora no campeonato da F3 EuroOpen e acho que vai dar tudo certo”, disse.

“Eu aprendi bastante aqui e espero aprender ainda mais lá fora, espero que o campeonato de lá possa me ensinar muito, porque o nível é muito alto. O carro é completamente diferente daqui, então tenho que aprender a lidar com os pneus e tudo mais. Vai ser muito bom para a gente. O maior foco é sempre aprender e ser competitivo. Foi uma corrida muito legal essa de hoje e sempre procura aprender”, concluiu Iorio.

Samaia destacou que a pressão inicial exercida sobre o adversário prejudicou seu desempenho da metade da corrida em diante. “O maior problema foi andar atrás. Infelizmente tive um problema de pneu na classificação e se não fosse isso eu teria feito a pole – ou pelo menos brigaria por ela”, disse. “Larguei em segundo e eu iria pressionar o Matheus o máximo que eu pudesse. Mas quando se anda muito colado no adversário da frente o carro perde pressão aerodinâmica e isso desgasta muito os pneus dianteiros. No final até perdi um pouco de tração também, mas amanhã vou me preparar para ganhar, porque nós dois temos um ritmo mais forte”, finalizou o vice-campeão.

Christian Hahn largou melhor e tomou a terceira posição de Artur Fortunato e lá permaneceu por toda a prova, sem querer arriscar, já que a distância que o separava dos líderes já era grande – e com a garoa, optou por não arriscar. “A equipe até pediu para eu tentar buscar os dois primeiros, mas a diferença já era grande e eu tinha muito mais a perder do que a ganhar. Então meu objetivo era mesmo terminar esta prova em terceiro”, disse, sincero.

Pedro Caland e Igor Fraga protagonizaram a melhor disputa da corrida. Os pilotos da Hitech e PropCar duelaram desde o início pela quinta posição. Fraga tentou de várias formas fazer a ultrapassagem, e Caland, campeão da Light deste ano, chegou a ser advertido pelos comissários por ter mudado de direção mais de uma vez na defesa de sua posição.

Igor, então, surpreendeu ao tentar e conseguir ultrapassar seu oponente por fora na primeira perna do S do Senna, em uma belíssima manobra. Logo, o piloto da PropCar abriu mais de um segundo. Entretanto, quando a garoa começou a deteriorar as condições de aderência, o jovem cometeu um pequeno erro no Laranjinha, permitindo a Caland que colocasse por dentro e concluísse a ultrapassagem no Bico de Pato. Com o abandono de Artur Fortunato, que teve problemas na bateria de seu carro, o jovem brasiliense ficou com a quarta posição em seu terceiro final de semana competindo pela classe A da categoria.

Resultado Corrida 1*:
1-) 34 Matheus Iorio (Cesario F3) – 22 voltas em 33min00s684 (média de 172,05 km/h)
2-) 77 Guilherme Samaia (Cesario F3) – a 6s879
3-) 12 Christian Hahn (CF3) – a 10s471
4-) 52 Pedro Caland (Hitech GP) – a 37s096
5-) 55 Igor Fraga (Prop Car Racing) – a 38s067
6-) 41 Artur Fortunato (A Fortunato F3 Racing) – a 4 voltas
NÃO COMPLETOU:
7-) 7 Fernando Galera (Prop Car Racing) – a 10 voltas
😎 67(L) Felipe Santo André (A Fortunato F3 Racing) – não largou
MELHOR VOLTA: Matheus Iorio, 1min29s055 (174,3km/h)
*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *