F3: Em Manfeild Park Lucas Foresti encerrou sua participação no TRS

Piloto brasileiro disputou 12 corridas e encerrou sua participação no Toyota Racing Series na 5ª colocação geral.

Enquanto a maioria da população brasileira curtia o feriado de carnaval brincando ou simplesmente descansando o piloto Lucas Foresti (Gilles Motorsport) disputou no circuito Manfeild Park, em Feilding na Nova Zelândia, entre os dias 12 e 14, a sua quarta e última rodada do Toyota Racing Series – TRS, com as provas válidas pela décima, 11ª e 12ª etapas da competição.

Assim como nas rodadas anteriores o final de semana começou com quatro sessões de treinos livres seguidas pela tomada de tempos e, finalmente, as três corridas. Lucas não começou muito bem os seus treinamentos finalizando a primeira sessão livre apenas oitava posição. Com muita dedicação e as orientações da equipe e seu engenheiro Foresti foi melhorando o carro a cada entrada na pista e conseguiu como melhor marca a segunda posição, no terceiro treino.

Atrapalhado na tomada de tempos o piloto nascido na cidade de Brasília conquistou a sétima posição, abrindo assim a quarta fila do grid de largada da primeira corrida. Na prova, porém, Foresti não conseguiu uma boa partida e caiu para o 11º posto. Literalmente com a faca nos dentes ele partiu para uma incrível recuperação e volta após volta superava um adversário. Ao final da prova ele recebeu a bandeirada na sexta posição, marca que lhe deu direito de largar na pole-position da corrida seguinte. Richie Stanaway venceu.

Na segunda corrida do final de semana Foresti foi atingido, ainda na segunda volta, pelo estoniano Sten Pentus e ambos saíram da pista. Lucas conseguiu levar seu carro de volta aos boxes e, com com três voltas de atraso, mostrou profissionalismo ao voltar para o traçado e terminar a prova. Pentus foi desclassificado pela manobra e não marcou pontos. A vitória ficou com Andrew Waite.

Na última corrida do final de semana e conseqüentemente da participação de Foresti no TRS a sorte pareceu abandonar o brasileiro. Na segunda volta o seu carro foi perdendo rendimento de forma estranha e Foresti teve de deixar a corrida. Mais tarde a equipe alegou problemas hidráulicos no motor. Melhor para Earl Bamber que, após uma intensa disputa com Mitch Evans, venceu a corrida. Evans ficou com o título da temporada.

“Apesar de não ter conseguido uma boa participação nesta última rodada do Toyota Racing Series avalio de forma muito positiva a minha participação na competição. Foi um Campeonato curto em espaço de tempo, mas, que por outro lado, me proporcionou a participação em 12 corridas que, com certeza, farão grande diferença para a minha temporada. As pessoas daqui da Nova Zelândia gostam muito de automobilismo e tivemos autódromos com muito público, pessoal acampado e muita agitação por parte dos fãs. Fiquei muito feliz, pois, mesmo tão longe as vezes eu olhava a arquibancada e lá no meio via uma bandeirinha verde e amarelo balançando”, finalizou Foresti que esta semana já segue para a Inglaterra onde fará alguns contatos para a definição final sobre a temporada 2010.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *