F3 Euro Series: Prema vence as três provas em Hockenheim

A equipe Prema Powerteam dominou a segunda etapa da temporada, disputada em Hockenheim, na Alemanha. O espanhol Roberto Merhi venceu a primeira e a terceira prova, com seu parceiro de equipe, e compatriota Daniel Juncadella vencendo a segunda prova.

Prova 1:

Merhi venceu a primeira prova, no sábado (30/04). O alemão Marco Wittmann e seu parceiro na Signature, o belga Laurens Vanthoor.

Pole-position Merhi suportou a pressão de Wittmann, para vencer de ponta a ponta. Wittmann tirou uma diferença de quase quatro segundos, recebendo a bandeirada apenas 0s7 atrás do vencedor.  Vanthoor foi o 3º, após passar o sueco Felix Rosenqvist (Mucke Motorsport) na 4ª volta.

O alemão Daniel Abt (Signature) terminou em 5º, com Juncadella, que junto com Vanthoor deu uma escapada da pista na volta inicial, na 6ª posição.

Merhi venceu também a primeira prova da historia do FIA International F3 Trophy.

Final, prova 1:

1 – Roberto Merhi (Dallara-Mercedes) – Prema – 25 voltas em 39’46″951
2 – Marco Wittmann (Dallara-Volkswagen) – Signature – 0″703
3 – Laurens Vanthoor (Dallara-Volkswagen) – Signature – 4″692
4 – Daniel Abt (Dallara-Volkswagen) – Signature – 7″790
5 – Felix Rosenqvist (Dallara-Mercedes) – Mucke – 8″341
6 – Daniel Juncadella (Dallara-Mercedes) – Prema – 9″846
Volta mais rápida: Roberto Merhi 1’34″311

Prova 2:

Juncadella venceu a segunda prova. Novamente a Signature completou o pódio, com o colombiano Carlos Munoz e Wittmann.

Com o segundo colocado no grid, o holandês Nigel Melker (Mucke)tendo que largar no final do pelotão, depois de ficar parado na volta de aquecimento, Juncadella passou para segundo no grid, atrás do pole Munoz (pole ao ser oitavo na primeira prova).

Munoz manteve a ponta na largada, até que na 5ª volta entrou aberto demais na curva um, perdendo a ponta para Juncadella no hairpin. Uma volta depois Merhi (que largou em 8º) passou Munoz, que tentou recuperar a posição sem sucesso.

Faltando duas votlas para o final uma chuva atingiu o circuito, o que não impediu a vitória de Juncadella. Mehri foi o 2º, mas foi punido depois da prova, por exceder os limites da pista, caindo para 4º.

Rosenqvist foi o 5º, seguido por Vanthoor.

Juncadella venceu pelo FIA International F3 Trophy.

Final, prova 2:

1 – Daniel Juncadella (Dallara-Mercedes) – Prema – 12 voltas em 19’31″691
2 – Carlos Munoz (Dallara-Volkswagen) – Signature – 4″350
3 – Marco Wittmann (Dallara-Volkswagen) – Signature – 4″716
4 – Roberto Merhi (Dallara-Mercedes) – Prema – 5″105 *
5 – Felix Rosenqvist (Dallara-Mercedes) – Mucke – 5″131
6 – Laurent Vanthoor (Dallara-Volkswagen) – Signature – 5″829
Volta mais rápida: Roberto Merhi 1’34″763

*Punido

Prova 3:

Neste domingo (1º/05), Merhi venceu pela segunda vez no final de semana. Wittmann e Rosenqvist completaram o pódio.

Pole Wittmann largou lento, com Merhi assumindo a ponta. Na primeira curva Wittmann, para não perder outra posição, espremeu Juncadella, que foi para a grama. Rosenqvist assumiu a terceira posição, passando para segundo pouco depois, mas apenas por uma volta, com Wittmann reassumindo a posição na 3ª volta.

Merhi venceu com 5 segundos de vantagem sobre Wittmann, que segurou a pressão de Rosenqvist nas voltas finais. Juncadella foi o 4º, seguido por Melker e Abt.

Merhi venceu pelo FIA International F3 Trophy.

Merhi lidera o campeonato com 95 pontos, dezenove a mais do que Juncadella. Wittmann em 3º, soma 75.

Final, prova 3:

1 – Roberto Merhi (Dallara-Mercedes) – Prema – 25 voltas em 39’25”238
2 – Marco Wittmann (Dallara-Volkswagen) – Signature – 5″114
3 – Felix Rosenqvist (Dallara-Mercedes) – Mucke – 5″611
4 – Daniel Juncadella (Dallara-Mercedes) – Prema – 12″658
5 – Nigel Melker (Dallara-Mercedes) – Mucke – 15″354
6 – Daniel Abt (Dallara-Volkswagen) – Signature – 16″134
Volta mais rápida: Roberto Merhi 1’33″569

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *