F3 Inglesa: Brasileiros superam desafios em Mondello Park

Circuito é muito travado e não oferece pontos de ultrapassagem,

o que aumentou a importância dos treinos classificatórios.


São 3.502 metros de extensão e um total de 14 curvas. Os números são suficientes para mostrar como é complicado ultrapassar no circuito de Mondello Park, na Irlanda, que recebeu neste domingo (25) a quarta rodada dupla da temporada da Fórmula 3 Inglesa. Bruno Senna e Alberto Valerio, os dois representantes brasileiros da categoria, sentiram na pele as dificuldades do traçado. A pista é uma das mais travadas do calendário e largar na frente é fundamental para conseguir um bom resultado.

           
Na primeira etapa do fim de semana, os dois conseguiram boas posições no grid e andaram na frente. Na segunda, partindo um pouco mais atrás, ficaram presos nos adversários e não avançaram durante a prova. No fim, um saldo positivo. Senna alcançou uma vitória e um quinto lugar e continua na briga direta pelo título. Valerio, estreante na Fórmula 3 Inglesa, somou mais alguns pontos na classificação do campeonato, com um oitavo lugar na primeira prova.


           
O resultado só não foi melhor para Alberto Valerio porque ele não teve nem chances de arriscar uma ultrapassagem sobre o sétimo colocado, Jonathan Kennard. “Quem tentou passar acabou se dando mal na corrida. Eu estava mais rápido que ele, mas não dava para forçar uma manobra e era mais prudente manter a posição”, comentou. “Foi um bom resultado, considerando que a pista tem muitas curvas complicadas e eu não conhecia o traçado”, afirmou o piloto da equipe brasileira Cesario Formula.


           
A expectativa de Alberto Valerio é alcançar seu melhor resultado na temporada dentro de duas semanas, no dia 16 de julho, em Snetterton. “Já fiz três dias de testes naquela pista e temos alguma experiência no circuito. Acredito que existe a possibilidade de um grande resultado em Snetterton e se tudo der certo dá até para subir ao pódio”, revelou o mineiro, bastante animado. Antes da próxima etapa, a programação prevê uma sessão de testes em Pembrey.


           
O inglês John Booth, chefe de equipe da Manor Motorsport (que lidera a Fórmula 3 Européia), esteve nos boxes da equipe neste fim de semana e pôde colaborar com o trabalho do experiente Augusto Cesario. “Existem muitas diferenças entre correr na Europa e na América do Sul, mas a Cesario Formula tem feito um ótimo trabalho. O que ajuda bastante é o fato de Alberto Valerio ser veloz e aprender rápido. Conheço a equipe há muitos anos e foi um prazer poder participar desta etapa”, disse John Booth.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *