F3 Inglesa: Bruno Senna inicia pré-temporada no País de Gales

Bruno Senna (Carglass/Oackley/Varig) dá nesta quarta-feira a largada para sua segunda temporada no Campeonato Inglês de Fórmula 3. Os dois dias de treinos coletivos no circuito de Pembrey, no País de Gales, marcarão o início da preparação de equipes e pilotos para a abertura do calendário, programada para 17 de abril em Oulton Park. Até lá, o paulista de 23 anos passará por mais oito sessões de ensaios pela Räikkönen Robertson Racing.

Bruno chegou nesta terça-feira à Inglaterra, animado com suas perspectivas em 2006. Com apenas 30 corridas no currículo até agora, transformou-se na surpresa do campeonato em seu ano de estréia na categoria em 2005. A pole em Nürburgring e os três pódios – um terceiro (Silverstone) e dois segundos lugares (Nürburgring e Silverstone) – foram os pontos altos da campanha que o levou ao 10º lugar na classificação final. Na avaliação da revista especializada Autosport, Bruno mereceu a terceira posição entre os destaques do campeonato.

Com um ano de experiência, Bruno espera brigar agora por vitórias e pelo título. De propriedade do piloto Kimi Räikkönen e seu empresário Steve Robertson, a equipe apostou na troca dos motores Mugen. “Vamos correr com os Mercedes-Benz que dominaram o Campeonato Europeu no ano passado. Nossa expectativa é a melhor possível, até porque apenas outros dois times contarão com esse motor”, observou.

Nesta primeira bateria de ensaios, no entanto, Bruno utilizará o mesmo chassi Dallara F305 de 2005. O carro ganhou uma evolução aerodinâmica para esta temporada, mas a fábrica italiana ainda não entregou os componentes para as equipes. “Em termos de acerto, os testes não terão muita utilidade. Mas pelo menos servirão para todos desenferrujarem depois das férias. E a pista de Pembrey é bem interessante. Tem dois cotovelos bem fechados, mas nos outros trechos a pista é de alta velocidade”, disse.

Além das baixas temperaturas desta época do ano no Reino Unido – a meteorologia antecipa máximas de apenas 9 graus -, o trabalho das equipes deverá ser complicado pelas chuvas previstas para os dois dias de testes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *