F3 Inglesa: Bruno Senna se despede da Fórmula 3 na terceira colocação

Testes em Paul Ricard iniciam nova fase na Fórmula GP2.

Não deu. Apesar de todo o esforço na rodada dupla de encerramento da temporada neste domingo em Thruxton, Bruno Senna terminou mesmo em 3º na classificação final do Campeonato Inglês de Fórmula 3. Oliver Jarvis, com quem brigava pelo vice, levou a melhor nas duas últimas corridas do ano e conservou o segundo lugar. Mike Conway já havia se sagrado campeão por antecipação na semana passada. As provas finais, 21ª e 22ª etapas, foram vencidas por Danny Watts, que não pontuou por correr como convidado, e Yelmer Buurman. Bruno chegou em 4º e 6º.


Debaixo de forte chuva, Bruno entrou na pista mais veloz do calendário para a primeira prova do programa precisando descontar os sete pontos de vantagem favoráveis a Jarvis. Largou em terceiro e passou a maior parte das 22 voltas perseguindo o inglês, que dividiu a primeira fila com o pole Watts. Mas perdeu a chance de ultrapassá-lo nos últimos momentos depois que foi obrigado a tirar o carro da pista para não ser atropelado por Conway, que bateu em Buurman e provocou o abandono de ambos.


Saindo em 10º na segunda, enquanto Jarvis novamente partia em 2º, tudo ficou mais difícil para Bruno num asfalto que variou de encharcado a quase seco. Bruno largou com pneus de chuva e escapou por pouco de um acidente quando Alberto Valério, que já saíra com os de pista seca, rodou à sua frente. “Eu tinha um acerto para o asfalto molhado e, no fim, meus pneus estavam praticamente destruídos”, explicou.


Bruno acredita que o saldo do seu segundo ano na Fórmula 3 inglesa esteve dentro do planejado. “Sempre disse que meu objetivo era chegar entre os três primeiros. Terceiro foi um ótimo resultado, se levarmos em conta que comecei tarde. Jenson Button também foi 3º no Campeonato Inglês e tem um ótimo conceito no meio, mas ele veio de uma longa experiência no kart. Fiquei muito perto do segundo e acho que só não fiquei um pouco mais à frente na classificação por causa do acidente que me deixou fora de duas corridas em Snetterton. Mas isso faz parte do automobilismo, onde o que você precisa mesmo é aproveitar as situações e vencer sempre que possível.”


Com cinco vitórias, Bruno foi o piloto que mais corridas ganhou depois do campeão Conway. Ele conquistou ainda três poles e dois segundos lugares como outros resultados expressivos. Nesta terça-feira, em Paul Ricard (França), Bruno inicia os dois primeiros dias de testes de inverno da Fórmula GP2 pela David Price Racing. Antes do fim do ano, ele treinará também pela bicampeã ART Grand Prix e pela iSport International, antes de se decidir pela equipe que defenderá em sua estréia na categoria.


A classificação final da Fórmula 3 inglesa foi esta: 1, Mike Conway, 321; 2, Oliver Jarvis, 250; 3, Bruno Senna, 229; 4, Yelmer Buurman, 186; 5, Maro Engel, 174; 6, Christian Bakkerud, 129; 7, Stephen Jelley, 126; 8, James Jakes, 96; 9, James Walker, 92; 10, Salvador Duran, 54; 11, Alberto Valério, 41.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *