F3 Inglesa: Bruno Senna volta ao pódio em Spa e recupera vice-liderança

Um novo terceiro lugar, no fechamento da rodada dupla deste sábado em Spa-Francorchamps (Bélgica), devolveu a Bruno Senna a vice-liderança do Campeonato Inglês de Fórmula 3.


A vitória foi do alemão Maro Engel, seguido pelo inglês Mike Conway. Engel, que conquistou a pole das duas provas, se tornou o quinto ganhador em 12 etapas.

Bruno cumpriu parcialmente a previsão da véspera, quando avisou que tentaria largar bem, ultrapassar Engel e partir para a quinta vitória da temporada. De fato, ele assumiu a ponta quando as luzes se apagaram e liderou as voltas iniciais. Mas na sexta recebeu um toque por trás do dinamarquês Christian Bakkerud e caiu para oitavo. Novamente obrigado a uma corrida de recuperação, ao contrário da véspera com pista seca, Bruno foi retomando as posições até garantir a última vaga no pódio.

“Fiz uma ótima largada e consegui abrir quase dois segundos sobre o Engel. Mas talvez tenha forçado demais o ritmo e os meus pneus não gostaram. Depois do toque com o Bakkerud, fiquei um pouco para trás. Minha sorte é que Spa é daqueles circuitos onde ainda existem vários pontos de ultrapassagem, o que me permitiu subir na corrida”, comentou Bruno, que classificou de “satisfatório” o fim de semana na Bélgica. “Poderia ter sido melhor, principalmente na prova da sexta-feira. Com uma volta a mais talvez desse até para brigar pela vitória. Hoje, o carro do Engel estava muito rápido”, reconheceu.

Na luta pelo título, Bruno deixou Oliver Jarvis para trás, mas saiu da Bélgica com mais um ponto de desvantagem em relação ao líder Mike Conway. “Um pontinho a mais ou a menos não muda muita coisa. A diferença favorável ao Conway é grande, mas ainda tem muito campeonato pela frente. Estamos apenas entrando na segunda metade do calendário”, afirmou Bruno, que no próximo fim de semana correrá o Masters de Fórmula 3 em Zandvoort, na Holanda. Nesta terça-feira, o brasileiro fará um teste com os pneus Kumo – marca que equipará os carros naquela prova – no circuito francês de Lurcy-Lévis, próximo a Magny-Cours.

O resultado da 12ª etapa foi este:

1 – Maro Engel (Carlin Motorsport), Dallara F306-Mugen, 12 voltas em 30min51s865
2 – Mike Conway (Inglaterra), Räikkönen Robertson Racing, Dallara F306-Mercedes HWA, a 6s005
3 – Bruno Senna (Brasil), Räikkönen Robertson Racig, Dallara F305-Mercedes HWA, a 7s464
4 – Jonathan Kennard (Inglaterra), Alan Docking Racing, Dallara F306-Mugen, a 11s050
5 – Salvador Durán (México), Hitech Racing, Dallara F306-Mercedes HWA, a 12s139
6 – Yelmer Buurman (Holanda), Fortec Motorsport, Dallara F306-Mercedes HWA, a 13s288
7 – Karl Reindler (Alemanha), Alan Docking Racing, Dallara F306-Mugen, a 16s019
8 – Stephen Jelley (Inglaterra), Räikkönen Robertson Racing, Dallara F306-Mercedes HWA, a 17s126
9 – James Walker (Inglaterra), Hitech Racing, Dallara F306-Mercedes HWA, a 19s878
10 – Oliver Jarvis (Inglaterra), Carlin Motorsport, Dallara F306-Mugen, a 24s950

A nova classificação: 1, Mike Conway, 179 pontos; 2, Bruno Senna, 132; 3, Oliver Jarvis, 123; 4, Maro Engel, 105; 5, Yelmer Buurman, 104; 6, Stephen Jelley, 65.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *