F3 Inglesa: Felipe Nasr vence tumultuda prova de abertura da temporada em Monza

O brasileiro Felipe Nasr (Carlin) venceu neste sábado (16/04), em Monza, na Itália, a prova de abertura da temporada da F-3 Inglesa. Foi a segunda vitória de Nasr na categoria. O malaio Jazeman Jaafar e o colombiano Carlos Huertas completaram o pódio todo da Carlin.

Antes da largada cinco pilotos, entre eles o pole-position, o britânico William Buller (Fortec) e o brasileiro Yann Cunha (T Sport) não deixaram o pit a tempo, e perderam seus lugares no grid, Todos largaram do pit lane.

Logo na largada o britânico Jack Harvey (Carlin) e o brasileiro Pipo Derani (Double R) se tocaram. Com os carros danificados ambos abandonaram. O Safety-Car foi acionado.

O dinamarquês Kevin Magnussen (Carlin) assumiu a liderança na relargada, ao ultrapassar o parceiro de equipe Jaafar. Pouco depois o holandês Bart Hylkema (T-Sport) e japonês Kotaro Sakurai (Hitech), os únicos que disputam a Classe Nacional, se tocaram na Variante Della Roggia, provocando um novo SC.
 
Com a prova reiniciada Magnussen abriu 1s1 de vantagem sobre o brasileiro Lucas Foresti (Fortec). Foreti começou a diminuir a diferença, colando no dinamarquês a quatro voltas do final.

Foresti conseguiu a ultrapassagem na chicane Rettifilio, contudo antes do final da volta Magnussen retomou a ponta, quando o brasileiro Piero Fantin (Hitech) ficou parado na proteção lateral da pista depois de um enrosco com o australiano Scott Pye (Double R), provocando o terceiro SC.

Com o final da prova resumido em tres voltas Magnussen. Foresti e Nasr chegaram juntos na primeira chicane após a relargada, com o piloto da Fortec assumindo a ponta. O trio chegou a Roggia, com Foresti e Magnussen se tocando na freada e o brasileiro rodando e Magnussen danificando a asa dianteira. O dinamarquês teve que ir para os boxes trocar a peça quebrada.

Nasr ganhou a liderança recebendo a bandeirada com 3s1 de vantagem sobre Jaafar, que superou Huertas por apenas 0s050. Buller se recuperou do erro antes da largada, terminando em 4º. Os britânicos Rupert Svendsen-Cook (Carlin) e Riki Christodoulou (Hitech) fecharam os seis primeiros.

Foresti reconquistou posições após a rodada, sendo o 9º colocado. Cunha foi o 14º.

No domingo acontecem as duas provas que completam a rodada.

Final:

1 – Felipe Nasr (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 14 voltas em 30’56″691
2 – Jazeman Jaafar (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 3″116
3 – Carlos Huertas (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 3″166
4 – William Buller (Dallara-Mercedes) – Fortec – 4″103
5 – Rupert Svendsen-Cook (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 5″140
6 – Riki Christodoulou (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 6″674
7 – Hywel Lloyd (Dallara-Mercedes) – Sino Vision – 9″995
8 – Menasheh Idafar (Dallara-Volkswagen) – T Sport – 10″018
9 – Lucas Foresti (Dallara-Mercedes) – Fortec – 10″137
10 – Bruno Mendez (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 11″324
11 – Harry Tincknell (Dallara-Mercedes) – Fortec – 11″447
12 – Fahmi Ilyas (Dallara-Mercedes) – Fortec – 13″553
13 – Adderly Fong (Dallara-Mercedes) – Sino Vision – 13″857
14 – Yann Cunha (Dallara-Volkswagen) – T Sport – 14″121
15 – Kevin Magnussen (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 1’21″068

Abandonos:

Bart Hylkema (Dallara-Mugen) – T Sport – 10 voltas
Pietro Fantin (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 9 voltas
Scott Pye (Dallara-Mercedes) – Double R – 9 voltas
Kotaro Sakurai (Dallara-Mugen) – Hitech – 2 voltas
Jack Harvey (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 1 voltas
Pipo Derani (Dallara-Mercedes) – Double R – 1 volta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *