F3 Sudamericana: Léo Souza quebra domínio de Silva e Machado e vence a primeira no RJ

Ultrapassagem na última volta tornou o paranaense o terceiro vencedor na categoria neste ano. Bruno Bonifácio segue impressionando na classe Light

O paranaense Leonardo Souza conquistou neste sábado (30), no Rio de Janeiro, sua terceira vitória na F-3 Sudamericana e quebrou o domínio que vinha sendo imposto pela dupla Guilherme Silva e Fabiano Machado na temporada 2011.

Vencedor de uma corrida em Curitiba em 2009 e de uma prova em Londrina no ano passado, Souza voltou ao alto do pódio com uma ultrapassagem sobre Silva na última volta da etapa deste sábado em Jacarepaguá.

Sétimo colocado no grid, ele respeitou o senso comum para corridas no Rio de Janeiro e soube poupar pneus para as voltas finais. A estratégia ajudou o paranaense a assumir a vice-liderança da prova, e o colocou em posição de tirar proveito da falha mecânica enfrentada por Guilherme Silva pouco antes da bandeirada. Ronaldo Freitas completou o pódio.

O mineiro da Hitech Racing teve problemas na ponta do eixo traseiro direito de seu Dallara-Berta, e perdeu a vantagem conquistada na primeira parte da corrida. Pouco depois da largada, ele superou o pole Fabiano Machado e abriu boa distância sobre o segundo pelotão, até começar a perder rendimento em razão da quebra.

“Fiz um treino classificatório com pneus usados, porque tivemos um problema no balanceamento do jogo de rodas em que montamos nossos pneus novos. E, sem querer, isso acabo me preparando melhor para a corrida. No começo perdi um pouco de contato com o líder e reconheço que não teria conseguido vencer se ele não tivesse tido problemas. Mas corrida é assim e o mérito foi ter dado 100% do que meu carro permitiu, e estar na posição certa na hora certa. Foi maravilhoso voltar a vencer”, declarou o primeiro colocado.

Para Guilherme Silva, a corrida que marcou seu retorno ao campeonato depois da ausência em Interlagos foi positiva, apesar da vitória ter escapado na última volta.

“A disputa pela liderança foi intensa, e tanto no início quanto no final da prova tive que redobrar a concentração para buscar a vitória. E foi bom voltar à categoria com mais um pódio. Quando passei a ter problemas com o carro, fiz o possível para manter a liderança, mas na última volta não deu para segurar. De qualquer maneira, fizemos uma boa estreia aqui no Rio e estamos de volta na disputa pelo campeonato”, comentou o mineiro.

F-3 Light – Bruno Bonifácio fez mais uma corrida impressionante neste sábado em Jacarepaguá e, além de vencer na classe Light, se manteve na disputa pelas primeiras posições contra os carros da divisão principal da categoria. Boni chegou a ocupar o segundo posto geral, mas teve problemas de motor na parte final e perdeu rendimento.

“Como temos apenas dois jogos de pneus novos para usar por fim de semana pelo regulamento da divisão Light, nesta corrida sai com os mesmos pneus que corri em São Paulo e que usei no treino de classificação de ontem. Por isso, no início, foi bem complicado acompanhar os carros da classe principal. Mas no geral, o resultado foi ótimo”, declarou o piloto.

Veja como terminou a primeira corrida deste sábado no Rio de Janeiro, e como ficou o campeonato passadas sete etapas:

Resultado da prova
1) Leonardo Souza, 23 voltas em 27min05s515
2) Guilherme Silva, a 0s929
3) Ronaldo Freitas, a 24s485
4) Bruno Bonifácio, a 25s770
5) Fabiano Machado, a 32s109
6) Stuart Turvey, a uma volta
7) João Leme, a 14 voltas
8) Fernando Resende, a 16 voltas
9) Dorivaldo Gondra Jr., a 22 voltas

Campeonato
1) Fabiano Machado (Cesário Fórmula), 130
2) Guilherme Silva (Hitech Racing), 93
3) Fernando KID (Cesário Fórmula), 81
4) Leo Souza (Kemba Racing), 80
5) Ronaldo Freitas (Cesário Fórmula), 72
6) João Leme (Hitech Racing), 52
7) Dennis Navarro (Cesário Fórmula Jr), 18
8) Roberto Savério (Hitech Racing), 0

Campeonato – Classe Light
1) Bruno Bonifácio (Cesário Fórmula Light), 150
2) Augusto Scalbi (Cesário Fórmula Light), 61
3) Hernan Bueno (Cesário Fórmula Jr. Light), 45
4) Stuart Turvey (Dragão Motorsport), 18
5) Vinicius Alvarenga (Dragão Motorsport), 15
6) Daniel Politzer (Kemba Racing Light), 12
7) Ricardo Landi (Cesário Fórmula Light), 0
8) Matheus Stumpf (Cesário Fórmula Jr. Light), 0
9) Jonathan Mello (Kemba Racing), 0
10) Dorivaldo Gondra Jr. (Kemba Racing Light), 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *