F3 Sudamericana terá piloto argentino no grid depois de três anos

Hernán Bueno fará sua estréia com um carro da equipe Cesário Fórmula Light na etapa do próximo fim de semana, em Interlagos

O trabalho para aumentar a presença de pilotos da Argentina na Fórmula 3 Sudamericana, iniciado há cerca de dois meses por Fernando Croceri, argentino campeão da categoria em 1993, Augusto Cesario, proprietário da equipe Cesário Fórmula, e Dilson Motta, promotor do torneio, começa a dar os primeiros frutos. No próximo fim de semana (15 a 17/7), um piloto do país vizinho voltará a disputar uma etapa F3 Sudamericana depois de quase três anos de presença quase que exclusiva de brasileiros no grid.

O argentino Hernan Bueno, nascido em Teodelina, na província de Santa Fé, disputará as corridas 4, 5 e 6 da atual temporada – que será realizada no autódromo de Interlagos, em São Paulo -, com um Dallara F301-Berta Ford da equipe Cesário Fórmula Light. Bueno é o atual líder da categoria argentina Fórmula Metropolitana. As últimas participações de pilotos argentinos na categoria foram em 9 e 10 de agosto de 2008 em Buenos Aires, quando Facundo Crovo e Guido Falaschi estiveram no grid. Já o último argentino que correu em Interlagos pela Fórmula 3 Sudamericana foi Pablo Perez Companc, em 11 de dezembro de 2005.

Hernán Bueno, que antes de se dedicar ao automobilismo jogou futebol em equipes como o Renato Cesarini e o Lanús, será o encarregado de colocar novamente a bandeira argentina presente em uma corrida da Fórmula 3 Sudamericana em solo brasileiro. A decisão de correr em Interlagos foi tomada junto com sua família logo após os testes realizados também no circuito paulista.

“Para estas três corridas em São Paulo terei o apoio da minha família enquanto continuamos buscando um apoio financeiro para correr mais algumas provas deste ano, e também para fazer todo o campeonato do ano que vem. Existem várias empresas interessadas, mas acredito que eles vão esperar para ver como será minha estréia”, disse Hérnan.

“Devo correr com o mesmo carro com o qual testei há cerca de 20 dias, e no mesmo circuito do treino, o que é muito importante. Tenho que usar essa oportunidade para ganhar experiência e, para isso, quero terminar as três corridas do fim de semana para completar o maior número de voltas possíveis numa pista exigente como a de Interlagos. Vou para a minha estréia focado em devolver o carro para a equipe sem problemas. Quero agradecer a minha família e a todos que me presentearam com essa oportunidade, como o Fernando Croceri, Augusto Cesário, Dilson Motta e ao Automóvil Club Argentino”, concluiu.

Calendário – Temporada 2011
1ª etapa – 25 a 27 de março – Velopark (RS)
2ª etapa – 15 a 17 de julho – Interlagos (SP)
3ª etapa – 29 a 31 de julho – Jacarepaguá (RJ)
4ª etapa – 12 a 14 de agosto – Caruaru (PE)
5ª etapa – 26 a 28 de agosto – Campo Grande (MS)
6ª etapa – 09 a 11 de setembro – Londrina (PR)*
7ª etapa – 30 de setembro a 02 de outubro – Rosário (Argentina)
8ª etapa – 07 a 09 de outubro – Piriápolis (Uruguai)
9ª etapa – 28 a 30 de outubro – Brasília (DF)

* a confirmar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *