F3 Sul Americana: Em Curitiba, Nicolas Costa vence primeira prova da temporada

Carioca usou de estratégia para se manter bem e cuidar do carro para liderar prova de ponta a ponta

Tranquilidade e inteligência. Com esses atributos, Nicolas Costa confirmou o favoritismo e venceu a primeira prova da temporada 2012 da Formula 3 Sul Americana, disputada neste sábado (21), em Curitiba. Largando da pole position, o carioca preferiu não forçar muito o ritmo no início da corrida, apesar do bom rendimento de seu carro.

Mantendo o controle na liderança, Nicolas esperou a aproximação do segundo colocado, Fernando ‘Kid’ Resende, no meio da corrida, para intensificar sua tocada. Nas últimas voltas, sentindo um pouco o desgaste dos freios e pneus, Costa foi cauteloso para garantir a vitória.

Neste domingo, o piloto da Hitech Racing larga da oitava posição, já que o grid da segunda bateria é definido com a inversão dos oito melhores na primeira prova. Nicolas tem dominado todas as atividades da categoria em Curitiba, e acredita novamente em um bom resultado.

Corrida 1

“Sabia que nosso carro estava muito bom, e como a corrida era longa e todos os pilotos iam cansar bastante, mantive um ritmo constante durante toda a prova. Permiti que o Kid se aproximasse no início da prova, para que ele forçasse bastante. Quando ele começou a chegar, acelerei para garantir a liderança. No fim, ainda diminui um pouco o ritmo, mas tinha uma boa vantagem para a vitória”

Domingo

“Claro que largar em oitavo é um fator que complica um pouco, mas, nesse caso, significa que fizemos um bom trabalho na primeira bateria, então não é algo que me incomoda. Além disso, temos um ritmo muito bom nas corridas, bem superior aos pilotos que estão no pelotão intermediário. Temos que ter cuidado no início da prova, para não forçar demais e ter algum problema, mas acredito que podemos repetir o bom resultado amanhã”

Resultado da primeira prova da F3 Sul Americana:

1) Nicolas Costa (Formula 3 A) – 31min50s295 (24 voltas)
2) Fernando ‘Kid’ Resende (Formula 3 A) – a 5.981
3) André Pedralli (Formula 3 A) – a 18.698
4) Gabriel Casagrande (Formula 3 A) – a 25.562
5) Raphael Raucci (Formula 3 B) – a 28.005
6) Eduardo Banzoli Filho (Formula 3 B) – a 33.724
7) Higor Hoffman (Formula 3 B) – a 2 voltas
8) Lucas de La Vega (Formula 3 B) – a 2 voltas
9) Leonardo Souza (Formula 3 A) – a 17 voltas
10) Lucas Biagioni (Formula 3 A) – a 23 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *