F3 Sul-Americana: Kartistas realizam sonho de guiar um Fórmula 3

Nove pilotos de destaque no kart nacional foram convidados pela Vicar, que a partir deste ano organiza a Fórmula 3 Sul Americana, a guiar, gratuitamente o monoposto no autódromo do Velopark, no Rio Grande do Sul.

A Vicar, empresa promotora e organizadora da Fórmula 3 Sul Americana, uma das mais importantes categorias de monopostos do mundo, em iniciativa inédita no automobilismo brasileiro, convidou nove pilotos de destaque do kart para terem a experiência de guiar, gratuitamente, um F 3 no circuito do Velopark, em Nova Santa Rita, Rio Grande do Sul. Pela categoria já passaram brasileiros de sucesso como Christian Fittipaldi, Rubens Barrichello, Helio Castro Neves, Cristiano da Matta, Victor Meira, Nelsinho Piquet entre outros pilotos com reconhecida carreira internacional.

“A F-3 é considerada pelos especialistas como a principal categoria formadora de pilotos no mundo, mantendo campeonatos regulares em vários países. A nossa, daqui da América do Sul, esteve um pouco adormecida nos últimos anos, mas agora, que passamos a organizá-la, queremos reconduzi-la ao seu importante papel de formar pilotos brasileiros que queiram seguir carreira neste tipo de carro”, disse Carlos Col, do Conselho da Vicar.

Participaram dos dois dias de atividades, com quatro seções de treinos de 40 minutos cada, Yuri Cesário, Henrique Rahal Zandonalli, Breno Borgh, Yukio Duzanowski, Pedro Henrique Costa Saderi, Yago Cesário, Lucas Fabiano Gohr, Fabio Raupp e Olin Vieira Galli. Eles guiaram, de forma alternada, carros das equipes Prop Car (Dárcio dos Santos), Hitech Racing (Rodrigo Contin), Cesário Fórmula (Augusto Cesário), Chemin Racing (Ravilson Chemin) e Kemba Racing (Mário Cardoso), todas participantes do campeonato deste ano. Os pilotos foram indicados pela Comissão Nacional de Kart com aval do Conselho Técnico Desportivo Nacional (CTDN).

Após cada sessão, acompanhados pelos chefes de equipes, os pilotos analisaram os dados coletados pela telemetria e receberam orientações sobre em que ponto do traçado do Velopark, que teve algumas chicanes montadas, poderiam melhorar, estavam errando ou acertando. Uma aula de automobilismo para os destaques do kart nacional. Para eles entrarem no clima dos carros de corrida foi realizado um briefing em que participaram pilotos, pais e chefes de equipe para enfatizar a importância dos treinos e da Fórmula 3 no Brasil, na América do Sul e no mundo. A categoria foi mostrada como valioso degrau do aprendizado para quem pretende seguir carreira com monopostos.

No segundo dia de treinos, com os jovens mais adaptados aos carros, as chicanes do Velopark foram retiradas e eles puderam andar livremente nos 2.278 metros do traçado gaúcho, um dos mais novos do Brasil. Foi realizada a troca de equipes para sentirem a diferença entre se relacionar com novos chefes de escuderias e seus jeitos de acertar os carros. Para definir equipes e pilotos, a Vicar utilizou inicialmente uma sequência alfabética, fazendo trocas entre eles no final do dia.

“Fiquei feliz por ver a satisfação dos pilotos que participaram deste treino. Estou pessoalmente empenhado em criar condições para que nossos garotos tenham um caminho para seu aprendizado em carros de fórmula em seu próprio país, continuando na escola e perto da família. Depois, se quiserem, estarão em melhores condições técnicas, físicas e psicológicas para tentar carreira na Europa ou nos Estados Unidos”, finalizou Carlos Col.

A Vicar é a maior empresa promotora de automobilismo do Brasil, oferecendo atualmente oportunidade para mais de cem pilotos em suas cinco categorias, sendo quatro campeonatos brasileiros e um sul-americano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *