F3 Sulamericana: Bandeiras vermelhas prejudicam estreantes em Santa Cruz do Sul

Várias interrupções durante os treinos desta sexta-feira prejudicaram, principalmente, quem ainda não conhecia o seletivo traçado gaúcho. Leonardo Otero colocou o carro da Dragão Motorsport na quarta fila para a corrida deste sábado, mas esperava mais.

A sexta-feira, primeiro dia de treinos livres para a etapa de Santa Cruz do Sul (RS) da Fórmula 3 Sul-Americana, terminou de forma confusa no circuito gaúcho. Entre os dois treinos livres e a tomada oficial de tempos para a corrida de sábado, foram seis bandeiras vermelhas, que dificultaram a vida, principalmente, dos pilotos estreantes na competição. Com seu traçado seletivo, o circuito gaúcho exige tempo para a adaptação dos pilotos, e as paralisações impediram que os novatos aproveitassem plenamente as já escassas oportunidades de treinos.

“Quem já conhecia a pista levou bastante vantagem hoje. Com tantas paralisações, eu não pude aproveitar quase nada para desenvolver o acerto do carro”, lamentou o carioca Leonardo Otero, que completou apenas 30 voltas pelo circuito durante o dia todo. “Para piorar, na tomada de tempos quebrou o pinhão da transmissão do meu carro e perdi quase metade do treino classificatório para que a equipe pudesse fazer o reparo”, completou Otero, que larga na sétima posição do grid neste sábado.

O chefe de equipe da Dragão Motorsport, Luiz Trinci, também analisou o motivo de tantos incidentes e paralisações durante os treinos. “Santa Cruz é uma pista muito técnica e difícil. Por ser pouco usada, existe muita sujeira fora do traçado ideal, e nesse ponto, ela pode ser comparada à de Campo Grande (MS), só que um pouco mais complicada. Por isso, quando o piloto tenta expandir seus limites, fica mais próximo do erro e, conseqüentemente, sai da pista”, avaliou o engenheiro.

Sobre o rendimento de Otero, no entanto, ele foi otimista. “Considerando todas as paralisações e problemas que tivemos hoje, acho que a quarta fila no grid não chega a ser um resultado ruim. Temos potencial para melhorar o carro durante o sábado, e chegar mais fortes para a corrida. Enquanto isso, o Leo acumula quilometragem e pode, também, aproveitar melhor o carro”, finalizou.

A primeira prova do fim de semana para a Fórmula 3 – valendo a 13ª etapa do campeonato – será neste sábado e está marcada para às 12h50. Antes dela, porém, os pilotos fazem a tomada de tempos para prova de domingo – às 9h25.

Confira o grid de largada para a 13ª etapa da Fórmula 3 Sul-Americana 2008:
1º)  Nelson Merlo  (Bra), 1:14.613, média de 170.31 Km/h
2º)  Leonardo Cordeiro  (Bra), 1:14.916
3º)  Lucilio Baumer  (Bra), 1:15.396
4º)  Pedro Nunes  (Bra), 1:15.421
5º)  Werner Neugebauer  (Bra), 1:15.437
6º)  Denis Navarro  (Bra), 1:16.156
7º)  Leonardo Otero  (Bra), 1:16.551
8º)  Tiago Pinheiros  (Bra), 1:17.359
9º)  Leonardo de Souza  (Bra), 1:17.588
10º)  Nilton Molina  (Bra), 1:18.396
11º)  Yan Cunha  (Bra), 1:19.298

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *