F3000 Euroseries: Razia faz melhor volta, mas não marca pontos na Alemanha

Toque com o piloto italiano Oliver Martini obrigou o brasileiro a parar nos boxes para a troca do bico do carro, o que lhe custou duas voltas em relação ao líder.

Um toque com o piloto italiano Oliver Martini tirou do brasileiro Luiz Razia a chance de marcar pontos na décima etapa da Fórmula 3000 Euroseries, disputada neste domingo em Nürburgring, na Alemanha. Pole position e segundo colocado na prova de sábado, Razia comprovou neste domingo o bom acerto de seu Lola da Elk Motorsport ao marcar a melhor volta da corrida, mas viu à distância o italiano Davide Rigon receber a bandeirada final na segunda colocação e ampliar a liderança na tabela de classificação. O paulista Diego Nunes também teve problemas na etapa deste domingo e, após cumprir um drive trhough, fechou a prova em sexto.

“O toque acabou com minhas chances, mas meu carro estava muito bem acertado e eu certamente poderia ter terminado essa corrida no pódio”, acredita Razia. “De qualquer maneira, este foi meu melhor fim de semana na categoria, o que me deixa com boas expectativas para as próximas corridas. Liderei um treino livre, marquei minha primeira pole position, voltei ao pódio e subi para terceiro no campeonato. Só faltou mesmo um bom resultado no domingo, mas no geral vou levar boas recordações de minha estréia em Nürburgring”, acrescentou o brasileiro.

A vitória na décima etapa do campeonato ficou com o espanhol Manuel Saez-Merino, que largou na quinta posição. Após cinco rodadas duplas, Rigon abriu larga vantagem na liderança do campeonato e passou a somar 70 pontos, contra 52 de Diego Nunes, o vice-líder, e 40 de Razia, o terceiro colocado. As duas próximas corridas da F-3000 Euroseries serão disputadas nos dias 13 e 14 de outubro, em Spa, na Bélgica.

O resultado completo da corrida deste domingo na Alemanha é o seguinte:

1) Manuel Saez-Merino (Elk Motorsport), 34min30s969
2) Davide Rigon (Minardi Team by GP Racing), a 0s046
3) Celso Miguez (G-Tec), a 13s981
4) Mehdi Bennani (Elk Motorsport), a 14s200
5) Vladimir Arabadzhiev (Auto Sport Racing), a 24s944
6) Diego Nunes (Minardi Team by GP Racing), a 27s561
7) Omar Leal (Engineering Durango), a 27s891
8) Sebastian Merchan (G-Tec), a 49s768
9) Luiz Razia (Elk Motorsport), a 2 voltas
10) Oliver Martini (R.C. Motorsport), a 19 voltas
11) Francesco Dracone (2G Racing), a 22 voltas

Melhor Volta:
Luiz Razia (Elk Motorsport), 1min21s242 (160.321 km/h)


A corrida de sábado, que teve dois brasileiros no pódio, terminou assim:

1) Davide Rigon (Minardi Team by GP Racing), 27min09s342
2) Luiz Razia (Elk Motorsport), a 3s304
3) Diego Nunes (Minardi Team by GP Racing), a 6s044

4) Manuel Saez Merino (Elk Motorsport), a 15s102
5) Oliver Martini (RC Motorsport), a 16s917
6) Mehdi Bennani (Elk Motorsport), a 18s697
7) Celso Miguez (G-Tec), a 37s390
8) Francesco Dracone – 2G Racing), a 1min03s474
9) Vladimir Arabadzhiev (Auto Sport Racing), a 1min05s650
10) Omar Leal (Engineering Durango), a 5 voltas
11) Sebastian Merchan (G-Tec), a 9 voltas

Melhor Volta:
Davide Rigon (Minardi/GP Racing), 1min20s781 (161.236 km/h)


Após 10 etapas, os melhores no campeonato são:

1) Davide Rigon, 70 pontos
2) Diego Nunes, 52
3) Luiz Razia, 40

4) Alx Danielsson, 32
5) Oliver Martini, 28
6) Vladimir Arabadzhiev, 17
7) Sebastian Merchan, 16
8) Pastor Maldonado, 12
9) Manuel Saez-Merino, 11
10) Jason Tahinci, 9

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *