F3000: Fábio Beretta treina na Itália visando 2008

Piloto da Fórmula 3 deve fazer sua estréia na Europa no próximo ano.

O piloto Fábio Beretta (Avanti/Itupetro) que este ano está disputando o Campeonato Sul-americano de Fórmula 3 já esta pensando na temporada 2008. Com o objetivo de estrear na Europa no próximo ano, Beretta passou este mês na Europa acompanhando algumas categorias. E neste fim de semana, na Itália, ele vai treinar com um carro da Fórmula 3000 Européia, da equipe ELK Motorsport. A categoria é vista com bons olhos por Beretta. “A 3000 já foi a principal porta de acesso para a F1. Vários que estão na categoria TOP passaram por ela. Hoje a GP2 tomou o seu lugar, mas mesmo assim ela continua com importância. Vou testar um carro e espero me dar bem. O 3000 tem mais potencia que o F3 e pneus bem diferentes. Vamos ver como me saio neste primeiro contato”, disse Beretta.

Na temporada 2007 a Fórmula 3000 Européia teve a participação de dois brasileiros: Diego Nunes – vice-campeão – e Luiz Razia, 4º colocado. A categoria percorre as principais pistas da Europa e tem um carro com 500cv de potencia e cambio seqüencial de seis marchas. “Os brasileiros que correram este ano aqui gostaram do campeonato. As corridas são bem competitivas e as equipes profissionais. Acredito ser um bom caminho para a minha estréia na Europa”, finalizou Beretta.

A equipe ELK Motorsport foi fundada neste ano depois que seu dono, o italiano Ernesto Catella, decidiu deixar a RC Motorsport (um das principais equipes da Europa) e fundar seu próprio time. Respeitado no automobilismo europeu, Catella já trabalhou com Alessandro Zanardi, Tony Kanaan e Enrique Bernoldi entre outros.

Homenagem em Americana

Nesta sexta-feira (23) Fabio Beretta foi homenageado na cidade de Americana como atleta destaque do município. Por conta dos compromissos na Europa, ele foi representado por seu pai, Fábio Beretta Rossi. Beretta fez questão de mandar uma mensagem e agradecer o seu prêmio ao Ricardo Veronesse, responsável pelo evento e um grande apoiador de sua carreira. “Infelizmente não participei este ano do prêmio. Mas é por uma boa causa, onde estou buscando meu lugar para estrear no automobilismo europeu. Agradeço a toda a imprensa de Americana que sempre me apoiou e em especial ao Ricardo Veronesse. Agradeço a todos e sempre estarei representando a nossa cidade em qualquer parte do mundo”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *