F4 Sul-americana: Casella faz corrida impecável e vence mais uma vez em Mercedes

Uruguaio impõe domínio absoluto e conquista todos os pontos possíveis do fim de semana. Piloto vai a 158 pontos e aumenta vantagem na liderança do campeonato

Juan Manuel Casella teve um fim de semana para ser lembrado por um bom tempo. Após vencer pela manhã a primeira corrida da quarta etapa da temporada 2016 da F4 Sul-americana, no Autódromo de Mercedes, no Uruguai, o piloto manteve o bom desempenho na tarde deste domingo e ganhou a segunda corrida também com tranquilidade. Foi a sexta vitória de Casella em oito corridas no ano e o resultado deixa o uruguaio com folga na liderança do campeonato com 158 pontos. O argentino Sami Mendaña e o uruguaio Facundo Garese completaram o pódio.

A corrida foi bastante movimentada desde o início. Na largada, a pole Bruna Tomaselli manteve-se firme na ponta. Casella, que partiu da sexta colocação, foi ultrapassando um a um e, no segundo giro, pulou para a vice-liderança da prova. Já na quarta volta, o uruguaio demonstrou toda a sua habilidade, ganhou a posição de Tomaselli e assumiu a ponta. Sami Mendaña, em terceiro, Hernán Bueno, Facundo Garese e Agustín Cejas vinham na sequência.

Casella sustentou a ponta, abriu na frente e não teve trabalho para vencer mais uma vez no ano. O piloto garantiu todos os pontos possíveis do fim de semana – 25 por cada vitória, um pela pole e um por cada volta mais rápida. O segundo lugar, no entanto, permaneceu indefinido até a última volta. Tomaselli, que buscava sua melhor posição de chegada na F4 Sul-americana, segurou da maneira que pôde Mendaña e Garese, mas foi ultrapassada pelos dois, que subiram novamente ao pódio. A brasileira terminou em quarto, à frente de Facundo Ferra.

No campeonato, Casella abriu uma diferença de 31 pontos para Garese, o vice-líder. Tomaselli ocupa a terceira posição. O argentino Baltazar Leguizamón, ausente desta etapa, e Sami Mendaña fecham a lista dos cinco primeiros colocados. A quinta etapa da F4 Sul-americana está marcada para acontecer nos dias 23 e 24 de julho no Autódromo Victor Borrat Fabini, em El Pinar, no Uruguai.

Juan Manuel Casella: “Foi uma prova tranquila, corri com a cabeça, pensando nos pontos para o campeonato. No fim, deu tudo certo. Tive um fim de semana perfeito, que vou guardar por um bom tempo. Quanto ao campeonato, estamos bem e estou muito feliz com meu desempenho”.

Resultado da primeira corrida em Mercedes:
1) Juan Manuel Casella (URU) – 16 voltas em 21min55s799
2) Facundo Garese (URU) – a 7s908
3) Sami Mendaña (ARG) – a 14s745
4) Andres De Araujo (URU) – a 22s115
5) Diego Guggiari (URU) – a 22s867
6) Bruna Tomaselli (BRA) – a 30s031
7) Hernán Bueno (ARG) – a 36s461
8) Nicolás Martínez (URU) – a 39s360
9) Marcello Bresciani (URU) – a 39s650
10) Federico Moreira (URU) – a 49s528
11) Agustín Cejas (URU) – a 55s790
12) Facundo Ferra (URU) – a 11 voltas
13) Victor Fernando Mora (CRC) – a 14 voltas
Melhor volta: Juan Manuel Casella em 1min21s108

Resultado da segunda corrida em Mercedes:
1) Juan Manuel Casella (URU) – 14 voltas em 21m22s884
2) Sami Mendaña (ARG) – a 3s208
3) Facundo Garese (URU) – a 5s548
4) Bruna Tomaselli (BRA) – a 5s893
5) Facundo Ferra (URU) – a 10s321
6) Diego Guggiari (URU) – a 16s593
7) Nicolás Martínez (URU) – a 17s297
8) Hernán Bueno (ARG) – a 27s971
9) Federico Moreira (URU) – a 38s127
10) Marcello Bresciani (URU) – a 1 volta
11) Agustín Cejas (URU) – a 10 voltas
12) Victor Fernando Mora (CRC) – a 10 voltas
13) Andrés De Araujo (URU) – a 12 voltas
Melhor volta: Juan Manuel Casella em 1min22s161

Classificação do campeonato após quatro etapas:
1) Juan Manuel Casella (URU) – 158 pontos
2) Facundo Garese (URU) – 127 pontos
3) Bruna Tomaselli (BRA) – 87 pontos
4) Baltazar Leguizamón (ARG) – 72 pontos
5) Sami Mendanã (ARG) – 57 pontos
6) Diego Guggiari (URU) – 38 pontos
7) Andrés De Araujo (URU) – 36 pontos
8) Hernán Bueno (ARG) – 35 pontos
9) Lorenzo Mauriziano (CHI) – 27 pontos
10) Victor Fernando Mora (CRC) – 26 pontos
11) Juan Vieira (BRA) – 24 pontos
12) Leandro Guedes (BRA) – 23 pontos
13) Agustín Cejas (URU) – 20 pontos
14) Gianfranco Collino (ARG) – 18 pontos
15) Santiago Aguiar (URU) – 17 pontos
16) Richard Vargas (CRC) – 16 pontos
17) Facundo Ferra (URU) – 10 pontos
18) Nicolás Martínez (URU) – 10 pontos
19) Leonardo Esmerode (URU) – 3 pontos
20) Marcello Bresciani (URU) – 3 pontos
21) Federico Moreira (URU) – 3 pontos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *