Felipe Matos é Campeão da Old Stock e Eduardo Conradt leva o título na Opala 250

A Etapa Final Temporada 2020 da Old Stock Race não poderia ser mais emocionante, recheada de muita adrenalina, com duas vitórias de Pimenta, que ainda não havia vencido em 2020 e dois pilotos, Rodrigo Helal e Felipe Matos separados por apenas um ponto decidindo o título da quinta temporada debaixo de uma chuva torrencial na segunda prova. Pela Opala 250 Alberto Scarasati venceu a primeira prova e Carlos Freire foi o ganhador da segunda prova que teve Eduardo Conradt, Giovani Almeida e Christian Cordeiro disputando o título da categoria.

Rodrigo Helal, um dos candidatos ao título fez a pole position no sábado (19) com  o tempo de 2min01s414 e Felipe Matos, o segundo candidato ao título, foi o segundo mais rápido completando a primeira fila. Na largada, Pimenta do Opala 451, que largou na segunda fila, se colocou entre Helal e Matos, com Grego Lemonias ocupando a quarta posição. Na abertura da segunda volta os carros 37 e 22 da Opala 250 se encontraram no “S do Senna” e Giovani Almeida não conseguiu segurar seu carro, tocando o Opala 72 e depois na proteção de Pneus e enquanto isso, Pimenta assumia a liderança da prova.
O Safety Car foi acionado para a retirada de pedaços do carro 37 que ficaram na pista e após duas voltas a bandeira verde voltou a ser agitada, retomando a prova em ritmo normal, agora com Pimenta mantendo a liderança e abrindo a cada volta mais distancia do pelotão, deixando a disputa pelo título para os Opalas 113 e 93.

Felipe se manteve durante todas as voltas restantes muito próximo de Helal, sem conseguir a ultrapassagem e sendo assediado durante as voltas restantes por Grego Lemonias do Opala 18.
Pimenta foi o vencedor, com Helal em segundo, Felipe Matos em terceiro e Grego Lemonias em quarto. Completando o pódio, Molly Robson foi o quinto e Marcos Philippi o sexto.

Confira o resultado da primeira prova na Old Stock Race:
1 451 Pimenta
2 113 Rodrigo Helal
3 93 Felipe Matos
4 18 Georges Lemonias
5 11 Molly Robson
6 64 Marcos Philippi
7 777 Rogerio Barbato
8 31 Glauco Barros
9 333 Ciro Paciello
10 21 Everson de Paula
11 9 Marco Maragno
12 28 Matheus Martins
13 6 Rodrigo Dimas
14 12 Fabio Mencarelli
15 331 Christiano Julio
16 1 Evandro Camargo
17 52 Marcelo Ferraz

Na Opala 250 Alberto Scarasati no Opala 3311 venceu a prova com Carlos Freire em segundo e Perseu Alarcon em terceiro. Completando o pódio Rodrigo RDA ficou em quarto, Eduardo Conradt em quinto e Sandro Sproesser em sexto.

Confira o resultado da primeira prova na Opala 250:
1 3311 Alberto Scarasati
2 281 Carlos Freire
3 68 Perseu Alarcon
4 69 Rodrigo RDA
5 22 Eduardo Conradt
6 222 Sandro Sproesser
7 43 Rodrigo Silva
8 88 Renato Braz Gaspar
9 3333 Cristian Julio
10 37 Giovani de Almeida
11 72 Rogerio Mendes
12 73 Konrad Viehmann

No período da tarde os Opalas e Caravans das duas categorias alinharam no grid para a disputa da última prova do ano, e na largada Felipe Matos tomou a frente do pelotão chegando ao final da reta com Grego Lemonias ao seu lado, chegando a tocar no Opala 93 que fez a primeira curva na área de escape por conta disso.

A chuva também chegou ainda na primeira volta dando um tempero a mais na prova, agora com Felipe Matos na liderança, seguido de Grego Lemonias e Pimenta. Na segunda volta já com muita água na reta oposta Matos teve muita dificuldade em segurar seu carro contornando a curva do lago usando a área de escape e sendo ultrapassado por Grego, Pimenta e Helal no laranjinha.

Helal enfrentou mais um problema, pois limpador de para brisas do Opala 113 parou de funcionar, dificultando mais ainda sua vida. Grego Lemonias rodou no bico de pato e ficou entre Helal e Matos enquanto Pimenta abria mais distancia ainda do pelotão. Molly Robson conseguiu a ultrapassagem sobre o Opala 113 que passou a ter um ritmo muito abaixo do normal, chegando a rodar e ser ultrapassado também por Marcos Philippi.

Pimenta levou seu Opala 451 ate a linha de chegada mais uma vez recebendo a bandeira quadriculada em primeiro lugar e vencendo também a segunda prova. Grego Lemonias foi o segundo, Felipe Matos foi o terceiro. Completando o pódio, Molly Robson ficou em quarto, Marcos Philippi foi o quinto e Rodrigo Helal o sexto.
Com o resultado, Felipe Matos confirmou a vitoria no campeonato ultrapassando Rodrigo na pontuação.

Confira o resultado da segunda prova da Old Stock Race
1 451 Pimenta
2 18 Georges Lemonias
3 93 Felipe Matos
4 11 Molly Robson
5 64 Marcos Philippi
6 113 Rodrigo Helal
7 1 Evandro Camargo
8 28 Matheus Martins
9 9 Marco Maragno
10 21 Anderson Marossi
11 333 Ciro Paciello
12 331 Christiano Julio
13 777 Rogerio Barbato
14 31 Glauco Barros
15 12 Fabio Mencarelli
16 6 Alex Dimas

Na classe Old Man, para pilotos acima de 55 anos, o vencedor foi Pimenta, com Georges Lemonias em segundo, Marcos Philippi em terceiro e Ciro Paciello completando o pódio. Com o resultado, Marcos Philippi ficou com o título de campeão e Ciro Paciello com o de vice.

Na Opala 250, destaque para Carlos Freire, que fez uma excelente prova levando sua Caravan 281 ate a linha de chegada em primeiro lugar, com Perseu Alarcon chegando em segundo e Eduardo Conradt em terceiro. Completando o pódio Sandro Sproesser foi o quarto, Rogerio Mendes o quinto e Luiz Blessed o sexto.

Confira o resultado completo da segunda prova da Opala 250:

1 281 Carlos Freire
2 68 Perseu Alarcon
3 22 Eduardo Conradt
4 222 Sandro Sproesser
5 72 Rogerio Mendes
6 69 Luiz Blessed
7 3333 Cristian Julio
8 43 Rodrigo Silva
9 73 Konrad Viehmann
10 37 Giovani de Almeida
11 88 Renato Braz Gaspar
12 3311 Alberto Scarasati

Com o resultado, Eduardo Conradt foi confirmado o campeão da temporada 2020 na Opala 250 e Perseu Alarcon ultrapassou em pontos Giovani Almeida e Christian Julio, ficando com o Vice Campeonato.

A Old Stock Race e Opala 250 voltam em 2021 ainda sem as datas de provas definidas, mas prometendo muito mais emoção na próxima temporada!

Os Opalas e Caravans da Old Stock Race e Opala 250 são equipados com pneus Pirelli, discos de freio Fremax e pistões AFP.

Fotos: Humberto Silva/OSR e Anthony Kunze/OSR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *