FIA Formula 3 European Championship: Marcus Armstrong assume liderança do campeonato

O neozelandês Marcus Armstrong (Prema) assumiu a liderança da temporada após a disputa da terceira etapa da temporada, em Norisring, na Alemanha.

Armstrong, que disputa o campeonato com licença de competição italiana, alinhou na pole e venceu de ponta a ponta a primeira prova, disputada no sábado (23/06). Foi a sua primeira vitória no ano.

O estoniano Ralf Aron completou a dobradinha da Prema. O indiano Jehan Daruvala (Carlin) fechou o pódio.

O britânico Daniel Ticktum (Motopark) foi o quarto, seguido pelo alemão Mick Schumacher (Prema) e o russo Robert Shwartzman (Prema).

No domingo (24/06) foram disputadas as duas provas restantes. O estoniano Juri Vips (Motopark) venceu a segunda prova, seguido por Armstrong, e o iraniano Keyvan Andres (Van Amersfoort).

Vips conquistou a sua primeira vitória no ano.

O espanhol Alex Palou (Hitech), o austríaco Ferdinand Habsburg e Daruvala fecharam os seis primeiros.

A prova foi marcada por um fortíssimo acidente logo na largada. Quinto no grid Ticktum ficou parado no grid, com todos os carros conseguindo desviar, menos o indiano Ameya Vaidyanathan (Carlin), que veio reto, acertando com muita força o Dallara-VW da Ticktum. Os carros ficaram muito danificados, mas os pilotos saíram ilesos.

FIA Formula 3 European Championship: Marcus Armstrong assume liderança do campeonato

Depois da prova os comissários da prova questionaram a habilidade e a capacidade de Vaidyanathan de disputar a categoria.

“Os comissários pedem que a FIA considere se o piloto do carro 24 atende ao padrão de habilidade e consciência exigida para competir neste campeonato. Pedem que a FIA revise este incidente e o padrão do piloto Ameya Vaidyanathan”, declarou a nota da Federação Internacional de Automobilismo.

“O carro #24 avisou os comissários que ele seguiu seu procedimento normal de largada. O piloto estava olhando para a esquerda, onde outro carro estava tentando ultrapassá-lo. Avisou que realmente viu as bandeiras amarelas sendo acenadas pelos fiscais. Porém, não alterou sua velocidade de condução para responder às bandeiras amarelas”, completou.

Vip fez uma disputa acirrada pela vitória com o então líder do campeonato, o britânico Enaam Ahmed (Hitech), com os carros tocando rodas várias vezes. Depois da prova, Ahmed , que terminou em segundo, levou uma punição de 20 segundos, ao ser considerado culpado pelo toque que causou o abandono do pole, Shwartzman, na primeira curva. Ahmed caiu para a 13ª posição, fora da zona de pontos.

Recuperado do susto, e com o carro reconstruído, Ticktum venceu a terceira prova. Vips e Armstrong fecharam o pódio.

A prova foi interrompida em bandeira vermelha logo na primeira volta, depois de um acidente entre Palou e o russo Nikita Troitskiy (Carlin), que terminou com os dois carros capotados. Os pilotos saíram ilesos.

Com a prova reiniada Ticktum superou Armstrong, para vencer pela segunda vez no ano.

O chinês Guan Yu Zhou (Prema) terminou em quarto, seguido por Daruvala e Aron.

Armstrong lidera o campeonato com 101 pontos, apenas uma a mais do que Ticktum.

A próxima etapa acontece no Circuito de Zandvoort, na Holanda, nos dias 14 e 15 e julho.

Final, prova 1:

1 – Marcus Armstrong (Dallara-Mercedes) – Prema – 40 voltas em 34’29”816
2 – Ralf Aron (Dallara-Mercedes) – Prema – 2”926
3 – Jehan Daruvala (Dallara-VW) – Carlin – 3”311
4 – Daniel Ticktum (Dallara-VW) – Motopark – 5”078
5 – Mick Schumacher (Dallara-Mercedes) – Prema – 7”496
6 – Robert Shwartzman (Dallara-Mercedes) – Prema – 8”044
7 – Juri Vips (Dallara-VW) – Motopark – 8”462
8 – Marino Sato (Dallara-VW) – Motopark – 10”934
9 – Guan Yu Zhou (Dallara-Mercedes) – Prema – 11”784
10 – Keyvan Andres (Dallara-Mercedes) – Van Amersfoort – 15”876

Final, prova 2:

1 – Juri Vips (Dallara-VW) – Motopark – 29 voltas em 43’36”409
2 – Marcus Armstrong (Dallara-Mercedes) – Prema – 4”679
3 – Keyvan Andres (Dallara-Mercedes) – Van Amersfoort – 6”883
4 – Alex Palou (Dallara-Mercedes) – Hitech – 7”544
5 – Ferdinand Habsburg (Dallara-VW) – Carlin – 8”322
6 – Jehan Daruvala (Dallara-VW) – Carlin – 10”499
7 – Marino Sato (Dallara-VW) – Motopark – 11”393
8 – Sacha Fenestraz (Dallara-VW) – Carlin – 13”501
9 – Mick Schumacher (Dallara-Mercedes) – Prema – 14”559
10 – Fabio Scherer (Dallara-VW) – Motopark – 15”177

Final, prova 3:

1 – Daniel Ticktum (Dallara-VW) – Motopark – 31 voltas em 44’53”502
2 – Juri Vips (Dallara-VW) – Motopark – 0”057
3 – Marcus Armstrong (Dallara-Mercedes) – Prema – 2”532
4 – Guan Yu Zhou (Dallara-Mercedes) – Prema – 2”94
5 – Jehan Daruvala (Dallara-VW) – Carlin – 3”811
6 – Ralf Aron (Dallara-Mercedes) – Prema – 4”607
7 – Robert Shwartzman (Dallara-Mercedes) – Prema – 4”987
8 – Mick Schumacher (Dallara-Mercedes) – Prema – 5”450
9 – Enaam Ahmed (Dallara-Mercedes) – Hitech – 6”492
10 – Ferdinand Habsburg (Dallara-VW) – Carlin – 6”822

Campeonato:

1. Armstrong 101; 2. Ticktum 100; 3. Ahmed 85; 4. Zhou 79; 5. Aron 76,5; 6. Vips 70; 7. Daruvala 56,5; 8. Fenestraz 55; 9. Schumacher 53; 10. Palou 51.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *