FIA GT: Enrique Bernoldi marca a pole em Portimão

O brasileiro Enrique Bernoldi, num Corvette Z06 do Sangari Team Brazil, conquistou neste sábado (19/09), no circuito do Algarve, em Portimão, Portugal, a pole-position para a 6ª etapa da temporada. Comprovando o crescimento da equipe, que estreou nas 24 Horas de Spa-Francorchamps, Bernoldi fez o tempo de 1m40s664 com o carro da classe GT1. Seu compatriota Roberto Streit, e o holandês Xavier Maassen, completam a equipe brasileira.

“O dia foi um pouco tumultuado porque não conhecíamos a pista e perdemos um pneu depois de rodarmos. Quase não deu para mudar nada, andamos bem pouco e não testamos o carro em situação de classificação. Até ontem, eu esperava fazer uma boa tomada de tempo, mas como a manhã foi bem tumultuada, fazer a pole foi muito legal, surpreendente”, comemorou Bernoldi,

“Amanhã nós vamos dividir o carro em três pilotos e cada um vai andar uma vez só. Acho que vai ser o (holandês Xavier) Maassen quem vai abrir, o (Roberto) Streit o segundo e eu devo fechar. Se conseguirmos manter o carro perto das primeiras posições até a metade da corrida, temos boas chances, pois poupamos um jogo de pneus a mais do que todo mundo para a prova”, completou Bernoldi.

“Nós usamos uma estratégia diferente dos concorrentes e poupamos um jogo de pneu novo no segundo treino (classificatório). Não tínhamos referência de como o carro estaria, mas guardamos os pneus novos para usar na corrida. Essa foi uma grande sacada. O Enrique (Bernoldi) saiu para a tomada de tempo e conseguiu fazer uma grande volta. Agora vamos esperar para ver se a estratégia vai dar certo na prova. A expectativa é andar bem amanhã e brigar para ganhar”, disse Streit.

A dupla James Ruffier/ Bert Longin, num Corvette Z06 da SRT, completa a primeira fila. Ruffier foi 0s090 mais lento do que o ex-piloto de F-1.

Lideres do campeonato, a dupla Andrea Bertolini/ Michael Bartels, num Maserati MC12 do Vitaphone, larga em 5º.

Pela classe GT2 o argentino Matias Russo, que tem o compatriota Luiz Perez Companc, como parceiro de equipe na Ferrari 430 da Pecom Racing, marcou a pole. No geral a dupla alinha em 7º.

18 carros disputam a prova, sete da Classe GT1 e onze da Classe GT2.

Grid:

1 – Bernoldi-Streit-X.Maassen (Corvette Z06) – Sangari – 1’40″664
2 – Ruffier-Longin (Corvette Z06) – SRT – 1’40″754
3 – Kumpen-Hezemans (Corvette Z06) – Pekka – 1’41″164
4 – Pierguidi-Bobbi (Maserati MC12) – Vitaphone – 1’41″168
5 – Bertolini-Bartels (Maserati MC12) – Vitaphone – 1’41″410
6 – Leinders-Kuppens (Ford GT) – Marc VDS – 1’43″854
7 – Russo-Companc (Ferrari 430) – Pecom – 1’45″998
8 – A.Muller-Ramos (Maserati MC12) – Vitaphone – 1’40″820 *
9 – Holzer-O’Young (Porsche 997) – Prospeed – 1’46″040
10 – Ragginger-Lucchini (Porsche 997) – Brixia – 1’46″095
11 – Malucelli-Ruberti (Ferrari 430) – Scuderia Italia – 1’46″243
12 – Bruni-Vilander (Ferrari 430) – AF Corse – 1’46″301
13 – Barba-Cadei (Ferrari 430) – AF Corse – 1’46″369
14 – Bell-Kirkaldy (Ferrari 430) – CRS – 1’46″461
15 – Collard-Westbrook (Porsche 997) – Prospeed – 1’46″528
16 – Mullen-Niarchos (Ferrari 430) – CRS – 1’46″696
17 – Sugden-Ashburn (Porsche 997) – Trackspeed – 1’47″360
18 – Romanini-Bonaldi (Ferrari 430) – Scuderia Italia – 1’48″233
* Punido com a perda de cinco posições, por irregularidades na etapa da Hungria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *