FIA GT Series: Mesmo com desclassificação, WRT faz a dobradinha na prova principal em Nogaro

Mesmo tendo um carro punido, a Belgian Audi Club Team WRT/Audi R8 LMS Ultra conquistou a dobradinha nesta segunda-feira (01/04), na prova principal da etapa de abertura da temporada, em Nogaro, na França. A dupla René Rast/Niki Mayr-Meinhof venceu na pista, mas foi punida por uma irregularidade nos pits, caindo para sexto. A vitória passou então para os parceiros de equipe, Frank Stippler/Edward Sändström, com a dupla Stéphane Ortelli/Laurens Vanthoor completando a dobradinha da WRT.

Com pista molhada, a primeira metade da prova foi marcada pelo duelo entre o austríaco Mayr-Meinhof e o francês Sébastien Loeb (Sébastien Loeb Racing/McLaren MP4-12C GT3), que alinhou na pole-position, ante da parada obrigatória nos pits.

Nos boxes, Loeb acabou cometendo um erro ao soltar o cinto de segurança antes da hora, o que rendeu uma punição para o carro #21. Isso permitiu o alemão Rast sair dos boxes em primeiro, seguido pelo português Álvaro Parente, substituto de Loeb.

Pouco depois, Parente e Rast se enroscaram, com o alemão rodando na curva 4 e o português retomando a ponta.  Em sete voltas, Rast tirou a diferença de 3,5 segundos, reassumindo a liderança quando Parente teve que ir para os boxes, cumprir um drive-through.

Rast recebeu a bandeirada com onze segundos de vantagem sobre Sändström. Contudo Rast/ Mayr-Meinhof foram punidos com o acréscimo de 30 segundos no tempo, devido o motor do Audi ter sido desligado durante o pit stop obrigatório.

Stippler/ Sändström, depois de abandonarem a prova de sábado, e alinharem no fim do pelotão nesta segunda. O alemão Stippler começou a prava, fazendo um grande turno, até entregar o carro na quarta posição. Faltando nove minutos para o final, o sueco Sändström fez uma grande ultrapassagem sobre o israelense Alon Day (HTP Gravity Charouz/Mercedes-Benz SLS AMG GT3).

Com a punição aos parceiros de equipe, Stippler/ Sändström ficaram com a vitória no geral e na Classe Pro. O belga Vanthoor passou dois carros na penúltima volta, com ele e o monegasco Stephane Ortelli fazendo a dobradinha da WRT.  Maximilian Bukh/Alon Day herdaram a última vaga no pódio.

A dupla Anthony Kumpen/Enzo Ide (Phoenix Racing/Audi R8 LMS Ultra) terminou em quarto, seguida pela dupla César Campaniço/Carlos Vieira (Team Novadriver/Audi R8 LMS Ultra), que foram os vencedores na Classe Pro-Am. Rast/ Mayr-Meinhof com a punição caíram para sexto.

Entre os brasileiros a melhor dupla foi Cacá Bueno/Allam Khodair (BMW Sports Trophy Team Brasil/ BMW Z4 GT3) em nono. Seus parceiros de equipe, Sérgio Jimenez/Ricardo Zonta ficaram em 13º.

Cláudio Ricci/Matheus Stumpf (Rodrive Competições/Ford GT) terminaram na 15ª posição e seus parceiros de equipe Felipe Tozzo/Raijan Mascarello na 22ª.

Na Classe Gentlemen Trophy, vitória da dupla Fabién Barthez/Gérard Tonelli(SOFREV-Auto Sport Promotion/ Ferrari F458 Italia), 20ª no geral. Tozzo/ Mascarello foram terceiro na classe.

Loeb/Parente, com as punições, terminaram apenas na 12ª posição.

Stippler/ Sändström na Pro, lideram o campeonato com 25 pontos, seguidos por Day/Bukh com 21.

Pela Pro-Am liderança de Viera/Campaniço com 31. Na Gentlemen Trophy Barthez/Tonelli ldieram com 34 pontos.

A próxima etapa acontece em Zolder, na Bélgica, entre os dias 20 e 21 de abril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *