Final da décima nona edição do Futebol V10 de Pilotos

Felipe Massa entrou em campo sob os olhares de dezenas de crianças amparadas pelas instituições GRAAC e CAJEC, que oferecem tratamento e apoio para jovens portadores de câncer. Era um dia de exceção. Longe da rotina hospitalar e de qualquer preocupação, os jovens formaram uma torcida especial para as estrelas da pista que compuseram os três times participantes do Futebol V10 de Pilotos, evento que atingiu sua 19ª edição em 2018.

“Isso aqui é muito bacana, eu sempre faço questão de participar. É um pouquinho de alegria que a gente dá para esses meninos e meninas e também é o mínimo que a gente pode fazer. É legal ver as pessoas se unirem para coisas assim, para serem solidárias, coisas que a gente tem que fazer e incentivar todos os dias”, resumiu Massa.

Dentro da proposta de oferecer um dia longe da rotina a crianças e adolescentes em condição hospitalar, na manhã desta quinta-feira (20) o grupo presente ao Centro de Treinamentos do São Paulo pôde se alimentar de guloseimas bem ao gosto da garotada – como hambúrgueres – e também curtiu tirar fotos e receber presentes dos pilotos profissionais.

“Essa é a primeira vez que participo. E gostei muito de compartilhar este dia com as crianças. A gente vem aqui para brincar e dar alguma alegria para elas. Mas o sorriso delas nos devolve essa alegria em dobro. A gente fica surpreso com isso. Se for convidado, pretendo voltar e contribuir com a causa do evento no ano que vem”, comentou Eric Granado, bicampeão brasileiro de Superbike Pro e único representante do país na Moto-E, campeonato mundial de motos elétricas que estreará no ano que vem junto da MotoGP.

Os pilotos entraram em campo divididos em três times. Felipe Massa liderou o time branco, que venceu o torneio e era composto por Popó Bueno, Thiago Camilo, Denis Navarro, Beto Cavaleiro, e ainda teve a participação especial de Filipinho Massa, filho do ex-piloto da Ferrari, que fez um lindo gol de pênalti.

O time azul tinha Eric Granado, César Ramos, Marcel Coletta, Enzo Bortoleto, Matheus Iorio, Antonio Pizzonia, Diego Nunes e Allam Khodair – que colocou em campo o pequeno “Allanzinho”, craque da família, segundo o pai. Entre outros craques, o time vermelho reuniu o atual campeão das 500 Milhas de Kart, André Nicastro, e o mineiro Betinho Valério.

Os organizadores do V10 Futebol de Pilotos são os preparadores físicos Vanderlei Pereira e Mariângela Losasso. “A Academia V10 tem como prioridade cuidar do condicionamento físico dos pilotos. Hoje tivemos a 19ª edição do evento, e novamente juntamos competidores de várias categorias para uma experiência num jogo de futebol, que sempre é muito boa. E, claro, a ação social com as crianças é o que faz o evento ser tão legal há 19 anos”, destacou Pereira. “Estamos aqui para uma causa tão nobre que o evento e a solidariedade andam por si só. Todos os anos recebemos declarações emocionadas de quem vem aqui para ajudar e sai gratificado pela oportunidade de amparar o próximo. Essa via de mão dupla é que explica a sobrevivência do evento há tanto tempo”, completou Mariângela Losasso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *