FNippon: Brasileiros dividem a setima fila em Suzuka

Atração da abertura do campeonato, o brasileiro João Paulo de Oliveira não está conseguindo tirar o mesmo desempenho do Fórmula Nippon da Kondo Racing na pista japonesa de Suzuka, que neste domingo (15/4) vai sediar a segunda etapa do principal certame asiático de monopostos. Ele conseguiu apenas o 15º tempo nos treinos classificatórios de sábado e dividirá a fila com o compatriota Fábio Carbone (Dandelion).

“Mexemos um pouco no acerto, mas não melhorou o suficiente. O equilíbrio mecânico é o maior problema, com certeza. Vamos ver, estamos na luta”, avalia João Paulo.

A primeira fila será totalmente da poderosa equipe Impul, com o japonês Tsugio Matsuda na pole position, acompanhado de seu companheiro Satoshi Motoyama. O francês Benoit Treluyer, líder do campeonato japonês e também da Impul, vai largar da quinta posição. O contraponto é justamente a equipe Kondo Racing, que tem seu segundo piloto, o experiente japonês Matasaka Yanagida, largando da última posição do grid de 22 carros. “Meu companheiro está muito mal. Então, fica difícil de analisar os dados para melhorar. É sempre bom ter um companheiro rápido porque dai são dois pilotos buscando melhorar a equipe, mas isso não esta acontecendo. Na Impul, por exemplo, são quatro fortes pilotos, com isso eles tem muitos dados pra trabalhar”, analisou o ex-campeão das Fórmulas 3 Sul-americana, Alemã e Japonesa.

A esperança de João Paulo é conseguir melhorar um pouco mais a estabilidade de seu carro no treino de aquecimento antes da corrida. “Na verdade sabemos que temos alguma coisa errada, porque estamos muito rápidos de velocidade na reta e perdemos na parte de alta, nos setores 1 e 2. Nos setores 3 e 4, de média e baixa, sou igual aos pilotos que estão lá na frente, mas perdemos demais em alta”, explica.

A prova de Suzuka é um pouco mais curta que as outras, já que serão 43 voltas pelo circuito que sediava o GP do Japão de Fórmula 1, totalizando 250 km. Com isso, os carros não precisarão parar para pit-stop, o que torna esta etapa mais rápida e com outras exigências de acerto nos carros, pois o peso vai diminuindo e o desgaste dos pneus aumentando. “A largada e primeira volta serão fundamentais nesta etapa, mas não posso arriscar tudo no começo. A corrida é longa e Suzuka é sempre uma corrida difícil..Então, vou fazer o possível com o que tenho”, planeja o piloto de 25 anos de idade. “Suzuka é um circuito onde andar muito perto é sempre difícil, pois tem muita parte de alta e que dificulta quando você está atrás de alguém, pois perde a carga aerodinâmica. Porém, tenho que pensar em ir pra cima amanhã, não posso ficar onde estou. Só me resta lutar”, conclui o brasileiro confiante.

Confira a ordem de largada da segunda etapa do Campeonato Japonês de Fórmula Nippon:

1. Tsugio Matsuda (JAP/Impul) – 1’41.115
2. Satoshi Motoyama (JAP/Impul) – 1’41.292
3. Takashi Kogure (JAP/Nakajima) – 1’41.398
4. Loic Duval (FRA/Nakajima) – 1’41.805
5. Benoit Treluyer (FRA/Impul) – 1’41.962
6. Ronnie Quintarelli (ITA/Inging) – 1’42.117
7. Yuji Ide (JAP/ARTA) – 1’42.171
8. Yuji Tachikawa (JAP/Cerumo) – 1’42.361
9. Michael Krumm (ALE/Impul) – 1’42.470
10. Toshihiro Kaneishi (JAP/ARTA) – 1’42.551
11. Tetsuya Kataoka (JAP/LeMans) – 1’42.573
12. Andre Lotterer (ALE/Tom’s) – 1’42.590
13. Naoki Yokomizo (JAP/Inging) – 1’42.794
14. Fabio Carbone (BRA/Dandelion) – 1’42.873
15. João Paulo de Oliveira (BRA/Kondo) – 1’42.888

16. Kouta Sasaki (JAP/Cerumo) – 1’43.086
17. Tora Takagi (JAP/LeMans) – 1’43.176
18. Bjorn Wirdheim (SUE/Dandelion) – 1’43.259
19. Hiroki Yoshimoto (JAP/5Zigen) – 1’43.523
20. Katsuyuki Hiranaka (JAP/5Zigen) – 1’43.614
21. Seiji Ara (JAP/Tom’s) – 1’43.713
22. Matasaka Yanagida (JAP/Kondo) – 1’43.963

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *