Fórmula-1: Alpine conquista incrível primeira vitória na Fórmula 1

  • A Alpine F1 Team conquistou sua primeira vitória na Fórmula 1, no Grande Prêmio de Hungria disputado neste domingo.
  • O francês Esteban Ocon venceu pela primeira vez na categoria, após uma impressionante performance em condições úmidas e secas.
  • Fernando Alonso terminou em quinto – seu melhor resultado da temporada – depois de uma incrível performance para proteger a liderança de Esteban. O resultado foi posteriormente atualizado para um quarto lugar, após a desqualificação de Vettel.
  • A Alpine F1 Team assume agora o quinto lugar no Campeonato de Construtores

A Alpine F1 Team conquistou a primeira vitória de sua história na Fórmula 1 no Hungaroring, ao final de uma performance excepcional que valeu a Esteban Ocon seu primeiro sucesso na categoria. Fernando Alonso se classificou em quarto, após batalhas travadas com muita raça. Estes resultados permitem que a equipe inicie a pausa de meio de ano assumindo o quinto lugar no Campeonato de Construtores.

Esteban Ocon e Fernando Alonso fizeram uma boa largada em condições meteorológicas úmidas, conseguindo evitar os incidentes da primeira curva. O francês estava em segundo e o espanhol em sétimo, quando uma bandeira vermelha colocou os duelos em pausa durante 15 minutos para retirar os destroços da pista. Como a pista estava começando a secar, pilotos e escuderias tiveram que enfrentar o difícil dilema de colocar pneus slicks ao final da volta de formação. Apenas o carro de Lewis Hamilton se apresentou para o grid com pneus intermediários, tendo Esteban Ocon e Fernando Alonso optado pelos slicks, sendo imitados pelo restante do pelotão.

Os dois carros evitaram qualquer contato na relargada e Esteban assumiu a liderança da corrida, enquanto que Lewis Hamilton parou para colocar slicks. O francês encontrou rapidamente seu ritmo, no encalço da Aston Martin de Sebastian Vettel. O alemão foi chamado ao box uma volta antes de Esteban, que evitou o undercut e manteve a liderança, graças a uma parada perfeitamente realizada pela equipe.

Enquanto seu companheiro de equipe liderava o pelotão, Fernando batalhava pelo pódio com Carlos Sainz e Lewis Hamilton. Com pneus mais frescos, o britânico partiu para um duelo emocionante pela quarta posição com Fernando, cujas manobras protegiam Esteban de um eventual retorno do heptacampeão mundial. O espanhol acabou sendo obrigado a abrir espaço para a Mercedes, na segunda curva.

Apesar da pressão constante do piloto alemão em seu encalço, Esteban apresentou uma performance impecável, mantendo o primeiro lugar até cruzar a bandeira quadriculada. Com isso, Esteban se torna o primeiro francês a vencer com um carro francês e um motor francês, depois de Alain Prost correndo pela Renault no Grande Prêmio da Áustria de 1983. Também foi a primeira vitória da marca Alpine, seis meses apenas após ter entrado para a F1.

Seu companheiro de equipe terminou em quinto – classificando-se em quarto após a corrida –, seu melhor resultado desde que retornou à Fórmula 1, realizando junto com Esteban o melhor resultado da escuderia até hoje.

 Laurent Rossi, CEO da Alpine:

“Estou incrivelmente orgulhoso e feliz com este resultado – pelo Esteban, pela Alpine, pelo Renault Group, pelo Fernando e pelas nossas equipes no Reino Unido e na França, que trabalharam incansavelmente para entregar o primeiro sucesso da Alpine. Todo mundo demonstrou grande resiliência, dedicação e paixão para chegar a este resultado. Foi um trabalho coletivo extraordinário, principalmente com o Fernando e seu lendário espírito combativo. É uma honra subir no pódio com gigantes desta categoria incrivelmente competitiva. Foi uma semana incrível. Começamos com a abertura do nosso novo Centro Alpine na Hungria, comemoramos o aniversário do Fernando e agora terminamos com a dupla vitória francesa! Podemos festejar e nos inspirar nessa conquista para partir em busca de novos sucessos no futuro, na jornada da Alpine.”

 Esteban Ocon:

“Vencedor de um Grande Prêmio de Fórmula 1… Isso é inacreditável e ainda não caiu a ficha para mim. Que momento! É isso aí, Azuis! Foi uma corrida muito louca, do início ao fim. Tivemos que tomar muitas decisões e a equipe soube fazer escolhas acertadas, sem esquecer o trabalho de cada um durante esta espetacular parada no box, que foi fundamental para continuar à frente do Sebastian Vettel. Foi muito bacana conseguir gerenciar meu ritmo da melhor forma possível e no final deu tudo certo. O Fernando também travou grandes combates. Ele fez um trabalho formidável no final da corrida e teve uma grande participação nessa vitória. É muito legal ter partilhado desses momentos com ele. Eu não tenho como agradecer todo o trabalho e apoio da equipe. Tudo isso culminou no resultado de hoje. Agradeço imensamente a todos em Enstone e Viry. Esta vitória é para vocês também!”

 Fernando Alonso:

“Esta foi uma corrida longa e difícil também e lutamos até o fim. A largada foi determinante. Tive um pouco de falta de sorte e perdi algumas posições, o que comprometeu meu resultado, mas outros tiveram menos sorte ainda. Nossa corrida foi um pouco comprometida, mas este quinto lugar é o meu melhor resultado do ano até agora e a vitória da equipe não tem preço! Nossa história se enriquece neste circuito: eu havia conquistado meu primeiro sucesso com a Renault aqui em 2003 e agora é a vez do Esteban com a Alpine, em 2021. Estou tão contente por ele e por todos na escuderia. A sorte nos escapou algumas vezes, mas deu tudo certo hoje e vamos maximizar estas oportunidades. Podemos executar nossas corridas com perfeição se a sorte está do nosso lado. Tivemos altos e baixos, mas podemos nos concentrar no futuro para repetir nossos sucessos anteriores. Esta é uma bela fonte de motivação e podemos fazer esta pausa de meio de ano com um sorriso no rosto.”

 Marcin Budkowski, Diretor Executivo da escuderia Alpine F1 Team:

“Que resultado incrível com as primeiras vitórias de Esteban e da Alpine F1 Team! O Esteban foi excepcional hoje e dirijo a ele meus parabéns pela primeira vitória dele em Grande Prêmio. Esta corrida foi estressante e nos pareceu incrivelmente longa. Estávamos bem colocados na largada, fizemos as escolhas certas durante a prova e a equipe dos boxes fez duas paradas perfeitas. Só tivemos que nos manter firmes até o final. Sabíamos que o Lewis Hamilton seria uma ameaça nas últimas voltas, mas temos que agradecer ao Fernando por ter lutado com tanta garra para ajudar a proteger a posição do Esteban. Vimos corridas loucas no passado e precisamos estar atentos para aproveitar cada oportunidade que se apresente. Foi exatamente isso o que fizemos hoje. Estou muito orgulhoso desta equipe, do pessoal de pista, mas também de todos em Enstone e em Viry. Esta é a recompensa pelo grande trabalho que eles têm feito nesses últimos anos. Vamos saborear esta vitória, que está servindo para abrir o nosso apetite para partir em busca de muitas outras!”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *