Fórmula-1: Alpine pontua duplamente em meio a um clima frenético no GP da Holanda

A escuderia Alpine F1 Team pontuou com seus dois carros no Grande Prêmio Heineken da Holanda, disputado em meio a uma atmosfera incrível. Fernando Alonso terminou em sexto após uma ultrapassagem de tirar o fôlego sobre Carlos Sainz na penúltima volta, enquanto que Esteban Ocon cruzou a linha de chegada em nono lugar.

Em meio a um clima de sol e calor, Fernando Alonso fez uma bela largada, ultrapassando Esteban Ocon e Antonio Giovinazzi no topo da inclinação da terceira curva. Os pilotos da Alpine mantiveram suas posições até a única parada no box realizada em voltas consecutivas, trocando seus pneus Pirelli macios por médios.

Fernando Alonso e Esteban Ocon gerenciaram seus respectivos ritmos e pneus para se manterem firmes no top dez. Esteban Ocon perdeu uma posição para Sergio Perez, que recuperou posições após ter largado da reta dos boxes, terminando em nono e arrematando uma quarta pontuação consecutiva para a escuderia. Já Fernando Alonso partiu para cima da Ferrari de Carlos Sainz, aproveitando uma abertura mínima para fazer uma manobra audaciosa no finalzinho da corrida.

A Alpine F1 Team mantém o quinto lugar do Campeonato de Construtores e ruma agora para Monza, com o objetivo de continuar sua bela série na Itália.

Esteban Ocon / largada: 8º – Chegada: 9º:

“Esta foi uma corrida emocionante ao volante e fico feliz por ter marcado pontos. A largada foi bastante intensa, mas eu adoro isso! Pelo nosso ritmo, provavelmente poderíamos ter terminado uma ou duas posições acima, mas perdemos algumas oportunidades em situações cruciais, como as bandeiras azuis. Mesmo assim, a equipe apresentou um bom ritmo durante toda a semana e podemos ficar satisfeitos com isso. Estes pontos são importantes para o Campeonato de Construtores e vamos buscar repetir esse resultado em Monza, onde fomos competitivos no ano passado. Nosso objetivo agora é continuar nossa bela série.”

Fernando Alonso / Largada: 9º – Chegada: 6º:

“Foi um bom fim de semana, pois marcamos valiosos pontos terminando em sexto. Acho que, em geral, fomos competitivos desde a sexta-feira, fizemos uma excelente largada, mas as duas primeiras curvas são fechadas e tive que abrir o máximo para evitar qualquer contato. Depois disso, mantivemos um ritmo sólido e foi fantástico ultrapassar o Carlos [Sainz] no final, pois no início da corrida não pensei que poderíamos perseguir as Ferrari. Será interessante ver se podemos manter esta dinâmica em Monza. Spa com a pista seca foi a primeira vez que corremos com uma configuração com baixíssimo downforce, por isso vamos ver se poderemos ter mais um bom fim de semana.”

Marcin Budkowski, diretor executivo:

“Finalmente tivemos uma corrida emocionante, em um circuito onde não esperávamos que as ultrapassagens fossem difíceis. Nossos dois pilotos fizeram uma boa largada, mesmo ficando um pouco próximos demais na primeira volta. Ainda bem que não aconteceu nada de grave e rapidamente pudemos ultrapassar o Giovinazzi, para gerenciar nossos pneus e fazer uma única parada. Fizemos assim e o final foi cheio de ações e duelos. O Esteban perdeu uma posição para o Checo [Perez], que estava com pneus macios em um carro mais rápido. O Fernando teve uma bela briga com o Carlos [Sainz], terminando em sexto. Conquistamos belos pontos para o campeonato, mas a bela performance do Pierre [Gasly] permite que a Alpha Tauri fiquem dois pontos acima em nossa luta pelo quinto lugar entre os Construtores. Agora, a batalha continua em Monza. Nossos parabéns ao Max, pela vitória em casa e com a presença de uma multidão incrível. O clima foi excepcional durante todo o fim de semana – fazia tempo que não víamos mais isso.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *