Fórmula-1: CHEIO DE GARRA, FERNANDO ALONSO CONTINUA SEQUÊNCIA DE PONTOS NO GP DA ESTÍRIA

A Alpine F1 Team marcou mais dois pontos no Grande Prêmio BWT da Estíria, graças ao nono lugar de Fernando Alonso nesse domingo, na cidade austríaca de Spielberg. Seu companheiro de equipe Esteban Ocon terminou em 14º.

Alonso teve uma tarde animada, com uma bela largada que lhe permitiu partir para cima dos carros que seguiam à frente. Depois de ocupar a sexta posição por alguns instantes, próximo da terceira curva, o piloto espanhol assumiu a oitava posição no início da corrida.

Na 27ª volta, a equipe permitiu que Alonso fizesse um pit stop de apenas dois segundos, para colocar novos pneus duros. Quando o pelotão se estabilizou, o piloto enfrentou uma batalha pelo sétimo lugar com Charles Leclerc e Lance Stroll. Apesar do retorno de Yuki Tsunoda ao seu encalço, o espanhol se mostrou combativo, cruzando a linha de chegada na nona posição.

Largando em 17º, Esteban Ocon fez um bom início de prova, subindo para o décimo quinto lugar ao final da primeira volta. Após sua única parada na 36ª volta para trocar os pneus médios pelos duros, ele se manteve no grupo que tentava avançar para o top 10. Depois de ultrapassar Antonio Giovinazzi faltando nove voltas para o final da prova, ele assumiu o 14º lugar, que foi mantido até cruzar a bandeira quadriculada.

Esteban Ocon / Largada: 17º – Chegada: 14º:

“Este foi um fim de semana de grandes desafios. Ficamos em uma posição complicada no início, o que dificultou qualquer investida para avançar no pelotão. Simplesmente não conseguimos acompanhar o grupo que seguia à frente, onde havia algumas oportunidades para partir para o ataque. Na próxima semana, vamos correr novamente na Áustria e vamos tentar encontrar soluções diferentes. Temos várias opções e já estou ansioso pelo próximo fim de semana.”

Fernando Alonso / Largada: 8º – Chegada: 9º:

“Eu não acho que teríamos condições de fazer muito mais do que o nono lugar de hoje, mas é legal marcar mais pontos para a equipe. Fizemos uma boa largada e partimos para a briga com dois ou três carros na primeira volta. Depois da primeira parada no box, ficamos logo atrás de Lance Stroll e lutamos pelo oitavo lugar durante o restante da corrida. No final, as Ferraris estavam simplesmente muito mais rápidas, com pneus novos. Na próxima semana correremos aqui novamente, por isso vamos analisar tudo para tentar otimizar o carro para mais um fim de semana.”

Davide Brivio, diretor de competições:

“O objetivo hoje era marcar pontos. Tivemos um pouco de falta de sorte algumas vezes e ficando presos no pelotão, enquanto que poderíamos ter partido para o ataque, por isso tivemos que nos contentar com o nono lugar, mas o Fernando lutou bastante. Já para o Esteban foi mais difícil largar da 17ª posição. Fizemos nosso melhor, mas foi uma corrida estável, sem muitas oportunidades. Vamos tentar aproveitar ao máximo as lições aprendidas neste fim de semana para levar para a próxima corrida, que acontece neste mesmo lugar daqui a apenas uma semana.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *