Fórmula-1: Em dia de enrosco entre Lewis Hamilton e Max Verstappen, Daniel Ricciardo brilha e vence GP da Itália

O australiano Daniel Ricciardo (McLaren) venceu o GP da Itália, em Monza, 14ª etapa da temporada. Foi a primeira vitória de Ricciardo no ano, e oitava na categoria. O britânico Lando Norris completou a dobradinha da McLaren. O finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) fechou o pódio.

Segundo no grid, Ricciardo fez uma grande largada, e assumiu a liderança, ao superar o pole-position, o holandês Max Verstappen (Red Bull). Pouco depois o Safety Car Virtual foi acionado, depois que o italiano Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo) perdeu o controle do carro, e acertou o muro. Tocando no espanhol Carlos Sainz Jr. (Ferrari), na volta a pista. Giovinazzi foi para os boxes, trocou o bico do carro, e voltou para a prova.

Daniel Ricciardo (AUS) McLaren MCL35M leads at the start of the race. 12.09.2021. Formula 1 World Championship, Rd 14, Italian Grand Prix, Monza

Com a prova reiniciada, o australiano do McLaren MCL35M #3 manteve a ponta até parar nos boxes, na 23ª volta, colocando pneus médios. Na volta seguinte Verstappen fez a sua parada, mas ao contrário do normal, a Red Bull se atrapalhou nos boxes, perdendo muito tempo com um problema na roda dianteira direita.

Então na liderança da prova, o britânico Lewis Hamilton (Mercedes) fez a sua parada na 26ª volta, e saiu dos boxes imediatamente a frente de Verstappen. Na segunda curva, com os carros lado a lado aconteceu o choque, com o Red Bul RB16B #33 passando com as rodas por cima do Mercedes F1 W12 #44. O Halo foi vital na proteção da cabeça de Hamilton. O Safety-Car foi acionado, com Hamilton ainda tentando voltar a prova, com a marcha a ré. Mas sem condições o piloto abandonou de vez o cockpit. Verstappen recebeu uma punição de três posições no grid para o GP da Rússia.

Pode ser uma imagem de ao ar livre

Pode ser uma imagem de ao ar livreMax Verstappen (NLD) Red Bull Racing RB16B and Lewis Hamilton (GBR) Mercedes AMG F1 W12 crash at the first chicane. 12.09.2021. Formula 1 World Championship, Rd 14, Italian Grand Prix, Monza

Ricciardo retornou a liderança, seguido por Norris, mantendo a ponta até o final. Vencendo com 1s7 de vantagem sobre o parceiro de equipe. Ricciardo não vencia desde o GP de Mônaco de 2018, pela Red Bull.

Pode ser uma imagem de uma ou mais pessoas

Foi a 183ª vitória da McLaren na categoria, e primeira desde o GP do Brasil de 2012, com o britânico Jenson Button. A 48ª dobradinha da equipe britânica, e primeira desde o GP do Canadá de 2010 (Hamilton e Button).

Depois de vencer a prova classificatória, mas alinhar na última fila para o GP devido a troca de componentes na Unidade de Potência, Bottas fez uma grande prova. E contou com uma punição de cinco segundos recebida pelo mexicano Sergio Pérez (Red Bull), por cortar uma curva, e ganhar vantagem.

O monegasco Charles Leclerc (Ferrari) terminou em quarto, seguido por Pérez (terceiro na pista mas punido com cinco segundos), e o espanhol Carlos Sainz Jr. (Ferrari).

O canadense Lance Stroll (Aston Martin), o espanhol Fernando Alonso (Aline), o britânico George Russell (Williams) e o francês Esteban Ocon (Alpine) fecharam os dez primeiros.

Verstappen lidera o campeonato com 226,5 pontos, seguido por Hamilton com 221,5 e Bottas com 141.

A próxima etapa, o GP da Rússia, em Sochi, acontece no dia 26 de setembro.

Pode ser uma imagem de ao ar livre

Final:

1 Daniel Ricciardo McLaren 53 voltas em – 1:21:54.365s
2 Lando Norris McLaren + 1.747s
3 Valtteri Bottas Mercedes + 4.921s
4 Charles Leclerc Ferrari + 7.309s
5 Sergio Pérez Red Bull + 8.723s
6 Carlos Sainz Ferrari + 10.535s
7 Lance Stroll Aston Martin + 15.804s
8 Fernando Alonso Alpine + 17.201s
9 George Russell Williams + 19.742s
10 Esteban Ocon Alpine + 20.868s
11 Nicholas Latifi Williams + 23.743s
12 Sebastian Vettel Aston Martin + 24.621s
13 Antonio Giovinazzi Alfa Romeo + 27.216s
14 Robert Kubica Alfa Romeo + 29.769s
15 Mick Schumacher Haas + 51.088s

Abandonos

Nikita Mazepin Haas 41 voltas
Lewis Hamilton Mercedes 25 voltas
Max Verstappen Red Bull 25 voltas
Pierre Gasly AlphaTauri 3 voltas
Yuki Tsunoda AlphaTauri não largou

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *