Fórmula-1: Haas retira marca russa do carro no último dia de testes em Barcelona

A Haas anunciou que não vai exibir o logo da marca russa Uralkali em seus carros no último dia de testes da pré temporada da Fórmula 1 em Barcelona nesta sexta-feira, 25. A escuderia americana também confirmou que irá utilizar um carro totalmente branco, removendo as cores da bandeira da Rússia depois da invasão do país na Ucrânia.

A Uralkali é uma exportadora de fertilizantes que tem como proprietário Dmitri Mazepin, pai de Nikita Mazepin, piloto titular da Haas. A empresa patrocina a escuderia desde o ano passado.

“A Haas F1 Team apresentará seu VF-22 em uma pintura branca simples, sem a marca Uralkali, para o terceiro e último dia de pista no Circuito de Barcelona-Catalunha na sexta-feira, 25 de fevereiro”, disse a escuderia norte-americana.

A equipe também confirmou a manutenção da programação de sexta-feira, com Nikita Mazepin correndo pela manhã e Mick Schumacher assumido o VF-22 na parte da tarde.

A invasão de tropas russas em território ucraniano teve impacto nos bastidores da F1 nesta quinta-feira, 24. Os organizadores do campeonato afirmaram que estão “acompanhado de perto” o desenrolar dos conflitos, já que a principal categoria do automobilismo mundial tem corrida marcada na cidade russa de Sochi para o fim de semana de 25 de setembro.

O tetracampeão Sebastian Vettel também comentou sobre a situação tensa no leste europeu e garantiu que não irá disputar o GP da Rússia caso a prova seja confirmada.

Fonte: Bandsports

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *