Fórmula 1 pode ter prova no Vietnã

Se o que faltava era o aval do governo, agora não falta mais. Após mais de meio ano de tratativas, a Fórmula 1 conseguiu a autorização do governo vietnamita, que ainda garantiu que apoiará a principal categoria do automobilismo mundial na organização do GP do Vietnã.

As especulações de que a Liberty Media, dona da Fórmula 1, queria uma prova no país do sudeste asiático já em 2018 surgiram em janeiro. A revista Forbes chegou a publicar que já havia um acordo e até tempo e valor de contrato.

À época, no entanto, não houve um consenso com o governo, e o assunto ficou esquecido até junho, quando Chase Carey, atual presidente e CEO da categoria, afirmou que estava animado com a possibilidade de que as coisas poderiam se acertar.

“Todos os ministérios (governamentais) e agências apoiam a ideia de criar uma nova atração para Hanói (capital do Vietnã). As autoridades perguntaram às pessoas que vivem na área planejada sobre suas opiniões em relação à realização da corrida, e todos demonstraram apoio com o objetivo de atrair turistas”, declarou Mai Tien Dung, chefe do escritório do governo, em comunicado oficial.

As autoridades vietnamitas, todavia, não revelaram quando o contrato oficial será assinado nem quando poderia ser realizado o primeiro GP do Vietnã de Fórmula 1. Em nenhum momento, falou-se de uma prova dentro de um autódromo, e o que se sabe é que a prova será pelas ruas da cidade e não terá dinheiro público envolvido. O primeiro-ministro do país, Nguyen Xuan Phuc, já ordenou que se procure investimento privado para a realização da corrida.

Vale lembrar que, desde que assumiu o controle da categoria, a Liberty Media tem focado na estratégia de tentar levar o campeonato a novos mercados. Além do Vietnã, especula-se que a categoria possa ter provas em países como Argentina, Holanda e Dinamarca em breve, além de uma segunda corrida nos EUA, em um circuito de rua em Miami.

Para 2019, no entanto, não deve dar tempo de ter nenhuma dessas novidades. A FIA divulgou o calendário do ano que vem nesta sexta-feira (31) com os mesmos 21 circuitos de 2018.

Fonte: Máquina do Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *