Fórmula-1: Valtteri Bottas vence corrida classificatória, mas Max Verstapppen alinha na pole para o GP da Itália

O finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) venceu a prova classificatória para o GP da Itália, em Monza, mas como terá o motor e outros componentes do seu Mercedes F1 W12 #77 trocados, alinha na última posição no grid em Monza.

Pole-position, depois de ser o mais rápido no treino classificatório, Bottas venceu após 18 voltas, com 2s3 de vantagem sobre o holandês Max Verstappen (Red Bull). O australiano Daiel Ricciardo (McLaren) foi o terceiro. Bottas somou três pontos no campeonato, Verstappen dois e Ricciardo um.

Valtteri Bottas comemora vitória na corrida classificatória do GP da Itália — Foto: Lars Baron/Getty Images

A prova classificatória não tem pódio (a vitória não é computada, entrando nas estatísticas de poles-positions). Os três primeiros receberam uma medalha, em alusão as medalhas de ouro conquistadas pelos atletas italianos nas Olimpíadas de Tóquio. Eles foram homenageados em Monza.

O britânico Lando Norris (McLaren) terminou e quarto seguido pelo compatriota Lewis Hamilton (Mercedes), que caiu de segundo para quinto na largada, e o monegasco Charles Leclerc (Ferrari).

A prova teve apenas um abandono, o do francês Pierre Gasly (Alpine) após um acidente logo na largada (que provocou uma bandeira amarela). O francês perdeu a asa dianteira e passou reto na Curva Grande, batendo na barreira de proteção.

Largada da corrida classificatória do GP da Itália — Foto: F1

Também na largada o japonês Yuki Tsunodo (Alpha Tauri) e o polonês Robert Kubica (Alfa-Romeo) se tocaram. Tsunoda foi para os boxes trocar o bico do carro.

Com a punição de Bottas, Verstappen alinha na pole, seguido por Ricciardo. Norris e Hamilton formam a segunda fila.

Final:

1 – Valtteri Bottas (Mercedes) – 18 votlas em 27m54s080
2 – Max Verstappen (Red Bull-Honda) – 2″325
3 – Daniel Ricciardo (McLaren-Mercedes) – 14″534
4 – Lando Norris (McLaren-Mercedes) – 18″835
5 – Lewis Hamilton (Mercedes) – 20″011
6 – Charles Leclerc (Ferrari) – 23″442
7 – Carlos Sainz (Ferrari) – 27″952
8 – Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo-Ferrari) – 31″089
9 – Sergio Perez (Red Bull-Honda) – 31″680
10 – Lance Stroll (Aston Martin-Mercedes) – 38″671
11 – Fernando Alonso (Alpine-Renault) – 39″795
12 – Sebastian Vettel (Aston Martin-Mercedes) – 41″177
13 – Esteban Ocon (Alpine-Renault) – 43″373
14 – Nicholas Latifi (Williams-Mercedes) – 45″977
15 – George Russell (Williams-Mercedes) – 46″821
16 – Yuki Tsunoda (Alpha Tauri-Honda) – 49″977
17 – Nikita Mazepin (Haas-Ferrari) – 1’02″599
18 – Robert Kubica (Alfa Romeo-Ferrari) – 1’05″096
19 – Mick Schumacher (Haas-Ferrari) – 1’06″154
Ab – Pierre Gasly (Alpha Tauri-Honda) – 0 volta

Grid:

1 – Max Verstappen (Red Bull-Honda)
2 – Daniel Ricciardo (McLaren-Mercedes)
3 – Lando Norris (McLaren-Mercedes)
4 – Lewis Hamilton (Mercedes)
5 – Charles Leclerc (Ferrari)
6 – Carlos Sainz (Ferrari)
7 – Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo-Ferrari)
8 – Sergio Perez (Red Bull-Honda)
9 – Lance Stroll (Aston Martin-Mercedes)
10 – Fernando Alonso (Alpine-Renault)
11 – Sebastian Vettel (Aston Martin-Mercedes)
12 – Esteban Ocon (Alpine-Renault)
13 – Nicholas Latifi (Williams-Mercedes)
14 – George Russell (Williams-Mercedes)
15 – Yuki Tsunoda (Alpha Tauri-Honda)
16 – Nikita Mazepin (Haas-Ferrari)
17 – Robert Kubica (Alfa Romeo-Ferrari)
18 – Mick Schumacher (Haas-Ferrari)
19 – Pierre Gasly (Alpha Tauri-Honda)
20 – Valtteri Bottas (Mercedes) –

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *