Fórmula-1: Valtteri Bottas vence o movimentado GP da Áustria

O finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) venceu neste domingo (05/07) o GP da Áustria, no Red Bull Ring etapa de abertura da temporada. Foi a sua oitava vitória na categoria. O monegasco Charles Leclerc (Ferrari) e o britânico Lando Norris (McLaren) completaram o pódio.

O finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) venceu neste domingo (05/07) o GP da Áustria, no Red Bull Ring etapa de abertura da temporada. Foi a sua oitava vitória na categoria. O monegasco Charles Leclerc (Ferrari) e o britânico Lando Norris (McLaren) completaram o pódio.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

Com três entradas do Safety-Car, nove abandonos, e vários toques, o pole-position Bottas venceu de ponta a ponta, um movimentado Grande Prêmio de abertura da temporada, adiada devido a pandemia da Covid-19. E realizada dentro de todos os protocolos de segurança e distanciamento social. Sem a presença de público nas arquibancadas e limitação de integrantes das equipes, e profissionais de imprensa.

Leclerc, mesmo com um carro sem condições de fazer frente as Mercedes e Red Bull, aproveitou os abandonos, toques e punições, terminando em segundo. Norris conquistou o seu primeiro pódio na F-1.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas em pé

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) terminou em segundo na pista. Mas levou uma punição de cinco segundos, por um toque com o tailandês Alexander Albon (Red Bull). E caiu para quarto.

O espanhol Carlos Sainz (McLaren) foi o quinto, seguido pelo mexicano Sergio Pérez (Racing Point), punido com cinco segundos, por excesso de velocidade nos pits.

O francês Pierre Gasly (Alpha Tauri), o francês Esteban Ocon (Renault), o italiano Antonio Giovinazzi (Alpha Tauri) e o alemão Sebastian Vettel (Ferrari) completaram a zona de pontos.

Vettel fez uma corrida de recuperação, após um toque em uma disputa de posição com Sainz e Leclerc.

O holandês Max Verstappen (Red Bull) ocupava a segunda posição, quando abandonou com problemas eletrônicos logo na 11ª volta.

O primeiro carro de segurança foi acionado depois que o dinamarquês Kevin Magnussen (Haas) passou reto na curva, ao ficar sem freios, na 24ª volta. E parar em local perigoso.

Com problemas na pressão de combustível, o britanico George Russell (Williams) parou na pista na 49ª volta. Provocando o segundo carro de segurança.

Na relargada, na 53ª volta, uma roda se soltou do Alpha Tauri do finlandês Kimi Raikkonen, provocando o terceiro SC.

Norris marcou a melhor volta da prova, 1m07s475 (230,379 km/h), na última volta. E ficou com o ponto extra.

A próxima etapa, o GP da Styria, novamente no Red Bull Ring, acontece no dia 12 de julho.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livre

Final:

1 77 Valtteri BOTTAS Mercedes Mercedes 71 voltas em 1h30m55s739 (202.214 km/h)
2 16 Charles LECLERC Ferrari Ferrari 71
3 4 Lando NORRIS McLaren Renault 71
4 44 Lewis HAMILTON Mercedes Mercedes 71
5 55 Carlos SAINZ McLaren Renault 71
6 11 Sergio PEREZ Racing Point BWT Mercedes 71
7 10 Pierre GASLY AlphaTauri Honda 71
8 31 Esteban OCON Renault Renault 71
9 99 Antonio GIOVINAZZI Alfa Romeo Ferrari 71
10 5 Sebastian VETTEL Ferrari Ferrari 71 1
11 6 Nicholas LATIFI Williams Mercedes 71
12 26 Daniil KVYAT AlphaTauri Honda 67
13 23 Alexander ALBON Red Bull Honda 67
ab 7 Kimi RAIKKONEN Alfa Romeo Ferrari 53
ab 63 George RUSSELL Williams Mercedes 49
ab 8 Romain GROSJEAN Haas Ferrari 49
ab 20 Kevin MAGNUSSEN Haas Ferrari 24
ab 18 Lance STROLL Racing Point BWT Mercedes 20
ab 3 Daniel RICCIARDO Renault Renault 17
ab 33 Max VERSTAPPEN Red Bull Honda 11

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *