Fórmula-E: Felix Rosenqvist e Sébastien Buemi vencem em Berlin

O sueco Felix Rosenqvist (Mahindra Racing) e o suíço Sebastien Buemi (Renault e.dams) foram os vencedores da rodada dupla do e-Prix de Berlin, na Alemanha, válidas como sétima e oitava etapas da temporada 2016/2017.

Prova 1:

No sábado (10/06) Rosenqvist venceu a primeira prova. A primeira vitória do piloto e da equipe na categoria. O brasileiro Lucas di Grassi (ABT Schaeffler Audi Sport) terminou em segundo, seguido pelo alemão Nick Heidfeld (Mahindra Racing).

Saindo da terceira posição do grid, Rosenqvist aproveitou a largada ruim do argentino José María López (DS Virgin Racing) e assumiu a segunda posição, atrás de Di Grass, que alinhou na pole-position.

No começo da prova di Grassi abriu uma vantagem de 2s2 sobre o sueco. Mas com problemas de temperatura da bateria, o brasileiro foi perdendo rendimento, sendo superado por Rosenqvist na primeira curva, na última volta antes do pit stop, para a troca de pneus.

Rosenqvist manteve a ponta tranquilamente na segunda parte da prova, recebendo a bandeirada com 2s232 de vantagem sobre di Grassi (que controlou a temperatura da bateria até o final).

Heidfeld ultrapassou López nas voltas finais, e garantiu o terceiro lugar, pela terceira prova consecutiva.

López foi o quarto, seguido pelo francês Nicolas Prost (Renault e.dams) e o alemão Daniel Abt (ABT Schaeffler Audi Sport).

O britânico Sam Bird (DS Virgin Racing), o francês Jean-Eric Vergne (TECHEETAH), que terminou em quinto na pista mas recebeu uma punição de cinco segundos por saída perigosa dos pits, o alemão Maro Engel (Venturi Formula E) e o britânico Oliver Turvey (NextEV NIO) completaram a zona de pontos.

O brasileiro Nelsinho Piquet (NextEV NIO) terminou na 12ª posição.

Líder do campeonato Buemi foi desclassificado da prova. O suíço terminou em quinto (com a punição de Vergne), mas foi desclassificado devido a pressão dos pneus, abaixo do regulamento.

Único piloto a não se classificado, o irlandês Mitch Evans (Panasonic Jaguar Racing) ficou com o ponto extra, da melhor volta da prova.

Final, prova 1:

1. Felix Rosenqvist, Mahindra Racing, 53:19.661s (25)

2. Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport, +2.232s (21)

3. Nick Heidfeld, Mahindra Racing, +4.058s (15)

4. Jose Maria Lopez, DS Virgin Racing, +13.638s (12)

5. Nico Prost, Renault e.dams, +19.068s (10)

6. Daniel Abt, ABT Schaeffler Audi Sport, +19.799s (8)

7. Sam Bird, DS Virgin Racing, +20.065s (6)

8. Jean-Eric Vergne, TECHEETAH, +20.689s (4)

9. Maro Engel, Venturi Formula E, +39.030s (2)

10. Oliver Turvey, NextEV NIO, +40.985s (1)

11. Stephane Sarrazin, TECHEETAH, +42.682s

12. Nelson Piquet Jr, NextEV NIO, +42.980s

13. Jerome D’Ambrosio, Faraday Future Dragon Racing, +45.712s

14. Adam Carroll, Panasonic Jaguar Racing, +49.658s

15. Loic Duval, Faraday Future Dragon Racing, +59.010s

16. Antonio Felix da Costa, Andretti Formula E, +1:00.269s

17. Robin Frijns, Andretti Formula E, +1:02.463s

18. Tom Dillmann, Venturi Formula E, +1:07.695s

19. Mitch Evans, Panasonic Jaguar Racing, DNF (1)

20. Sebastien Buemi, Renault e.dams, DSQ

Prova 2:

No domingo (11/06) Buemi venceu a segunda prova, após Rosenqvist, que recebeu a quadriculada em primeiro, receber uma punição de dez segundos. Di Grassi fechou o pódio.

Pole-position Rosenqvist dominou a prova. Mas acabou recebendo uma punição de dez segundos, por saída perigosa dos pits. Caindo para segundo, atrás de Buemi.

Quando saída dos pits Rosenqvist teve que desviar para não bater no parceiro de equipe Heidfeld, que entrava para a sua troca de carros.

Saindo da sétima posição do grid, di Grassi fez uma ótima prova, e fechou o pódio. O brasileiro fez várias ultrapassagens, e ainda contou com o toque entre López e Bird, parceiros na DS Virgin, para ganhar duas posições.

Abt foi o quarto, seguido por López e Vergne. Bird, Prost, Turvey e Heidfeld fecharam os dez primeiros. Piquet terminou novamente na 12ª posição.

Após danificar o carro em um toque na primeira votla, Engel fez a volta mais rápida.

Buemi lidera o campeonato com 157 pontos, seguido por di Grassi com 125.

A próxima etapa, o New York City ePrix, nos EUA, acontece nos dias 15 e 16 de julho.

Final, prova 2:

1. Sebastien Buemi, Renault e.dams, 56:02.155s (25)

2. Felix Rosenqvist, Mahindra Racing, +7.195s (21)

3. Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport, +10.862s (15)

4. Daniel Abt, ABT Schaeffler Audi Sport, +13.631s (12)

5. Jose Maria Lopez, DS Virgin Racing, +20.324s (10)

6. Jean-Eric Vergne, TECHEETAH, +20.751s (8)

7. Sam Bird, DS Virgin Racing, +21.959s (6)

8. Nico Prost, Renault e.dams, +22.155s (4)

9. Oliver Turvey, NextEV NIO, +34.949s (2)

10. Nick Heidfeld, Mahindra Racing, +35.814s (1)

11. Antonio Felix da Costa, Andretti Formula E, +44.057s

12. Nelson Piquet Jr, NextEV NIO, +44.439s

13. Jerome D’Ambrosio, Faraday Future Dragon Racing, +47.336s

14. Stephane Sarrazin, TECHEETAH, +51.653s

15. Tom Dillmann, Venturi Formula E, +56.977s

16. Adam Carroll, Panasonic Jaguar Racing, +1:05.426s

17. Mitch Evans, Panasonic Jaguar Racing, +1:07.018s

18. Robin Frijns, Andretti Formula E, +1:12.083s

19. Loic Duval, Faraday Future Dragon Racing, DNF

20. Maro Engel, Venturi Formula E, DNF (1)

1. Sebastien Buemi, Renault e.dams, 56:02.155s (25)

2. Felix Rosenqvist, Mahindra Racing, +7.195s (21)

3. Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport, +10.862s (15)

4. Daniel Abt, ABT Schaeffler Audi Sport, +13.631s (12)

5. Jose Maria Lopez, DS Virgin Racing, +20.324s (10)

6. Jean-Eric Vergne, TECHEETAH, +20.751s (8)

7. Sam Bird, DS Virgin Racing, +21.959s (6)

8. Nico Prost, Renault e.dams, +22.155s (4)

9. Oliver Turvey, NextEV NIO, +34.949s (2)

10. Nick Heidfeld, Mahindra Racing, +35.814s (1)

11. Antonio Felix da Costa, Andretti Formula E, +44.057s

12. Nelson Piquet Jr, NextEV NIO, +44.439s

13. Jerome D’Ambrosio, Faraday Future Dragon Racing, +47.336s

14. Stephane Sarrazin, TECHEETAH, +51.653s

15. Tom Dillmann, Venturi Formula E, +56.977s

16. Adam Carroll, Panasonic Jaguar Racing, +1:05.426s

17. Mitch Evans, Panasonic Jaguar Racing, +1:07.018s

18. Robin Frijns, Andretti Formula E, +1:12.083s

19. Loic Duval, Faraday Future Dragon Racing, DNF

20. Maro Engel, Venturi Formula E, DNF (1)

Campeonato:

Pilotos:

1. Sebastien Buemi, Renault e.dams – 157

2. Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport – 125

3. Felix Rosenqvist, Mahindra Racing – 86

4. Nico Prost, Renault e.dams – 72

5. Nick Heidfeld, Mahindra Racing – 63

6. Jean-Eric Vergne, TECHEETAH – 52

Equipes:

1. Renault e.dams – 229

2. ABT Schaeffler Audi Sport – 171

3. Mahindra Racing – 149

4. DS Virgin Racing – 97

5. TECHEETAH – 57

6. NextEV NIO – 51

7. Andretti Formula E – 26

8. Venturi Formula E – 21

9. Panasonic Jaguar Racing – 20

10. Faraday Future Dragon Racing – 19

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *