Fórmula-E: Jean-Eric Vergne conquista o bicampeonato

O francês Jean-Eric Vergne (DS Techeetah) conquistou o bicampeonato da Fórmula-E, após a disputa a última etapa da temporada, a rodada dupla de Nova Iorque, nos EUA.

Vergne iniciou a disputa pelo título com uma grande vantagem sobre os rivais. Com 130 pontos somados, o mais próximo era o brasileiro Lucas Di Grassi (Audi Abt) com 98 pontos. E 58 pontos em jogo (duas provas e 25 pontos por vitória, três por pole e um por melhor volta).

No sábado (14/07) a vitória ficou com o suíço Sébastien Buemi (Nissan/Nissan e.dams). A primeira de Buemi no ano, e 13ª na categoria. O neozelandês Mitch Evans (Jaguar) terminou em segundo, seguido pelo português Antonio Felix da Costa (BMW Andretti).

O pole-position, o britânico Alexander Sims (BMW Andretti) foi o quarto, seguido por Di Grassi.

Os alemães Daniel Abt (Audi Abt), Pascal Wehrlein (Mahindra), o britânico Sam Bird (Virgin), o belga Jerome D’Ambrosio (Mahindra) e o britânico Oliver Turvey (NIO) fecharam a zona de pontos.

Vergne se envolveu em um múltiplo acidente logo na primeira volta. O francês teve que ir para os boxes, para reparos no carro, voltando no final do pelotão. Depois Vergne tocou duas vezes com o brasileiro Felipe Massa (Venturi), terminando apenas na 15ª posição, seguido pelo brasileiro.

Vergne manteve os 130 pontos, com Di Grassi indo a 108 e Evans a 105. E 29 pontos em jogo.

Neste domingo (14/07), o holandês Robin Frijns (Virgin) venceu a segunda prova. A sua segunda vitória no ano, e na categoria. Sims e Buemi completaram o pódio.

Bird foi o quarto, seguido por Abt e o britânico Oliver Rowland (Nissan e.dams). Vergne terminou em sétimo.

O belga Stoffel Vandoorne (HWA), Da Costa e o britânico Gary Paffett (HWA) fecharam a zona de pontos. Di Grassi e Evans disputavam a sétima posição, quando se enroscaram na volta final.

Vergne conquistou o título com 136 pontos. Buemi foi o vice-campeão com 119. Di Grassi terminou em terceiro com 108, seguido por Frijns com 106 e Evans com 105.

Final, prova 1:

1. Sébastien Buemi (Nissan) – Nissan e.dams – 36 voltas
2. Mitch Evans (Jaguar) – Jaguar – 0.932
3. Antonio Felix da Costa (BMW) – BMW Andretti – 1’’216
4. Alexander Sims (BMW) – BMW Andretti – 2’’971
5. Lucas Di Grassi (Audi) – Audi Abt – 3’’537
6. Daniel Abt (Audi) – Audi Abt – 4’’380
7. Pascal Wehrlein (Mahindra) – Mahindra – 6’’543
8. Sam Bird (Audi) – Virgin – 13’’829*
9. Jerome D’Ambrosio (Mahindra) – Mahindra – 18’’719
10. Oliver Turvey (NIO) – NIO – 25’’038
11. Gary Paffett (Venturi) – HWA – 27’’831
12. Jose Maria Lopez (Penske) – Dragon – 34’’729
13. Stoffel Vandoorne (Venturi) – HWA – 50’’564
14. Oliver Rowland (Nissan) – Nissan e.dams – 1’23’’962
15. Jean-Eric Vergne (DS) – DS Techeetah – 1’34’’508
16. Felipe Massa (Venturi) – Venturi – 1 volta
17. André Lotterer (DS) – DS Techeetah – 1
*Punido em dez segundos

Abandonos:

Maximilian Gunther (Penske) – Dragon – 28
Edoardo Mortara (Venturi) – Venturi – 27
Alex Lynn (Jaguar) – Jaguar – 18
Robin Frijns (Audi) – Virgin – 15
Tom Dillmann (NIO) – NIO – 1

Final, prova 2:

1. Robin Frijns (Audi) – Virgin – 36 voltas
2. Alexander Sims (BMW) – BMW Andretti – 3’’200
3. Sébastien Buemi (Nissan) – Nissan e.dams – 3’’912
4. Sam Bird (Audi) – Virgin – 4’’270
5. Daniel Abt (Audi) – Audi Abt – 4’’757
6. Oliver Rowland (Nissan) – Nissan e.dams – 8’’382
7. Jean-Eric Vergne (DS) – DS Techeetah – 9’’446
8. Stoffel Vandoorne (Venturi) – HWA – 9’’738
9. Antonio Felix da Costa (BMW) – BMW Andretti – 11’’727
10. Gary Paffett (Venturi) – HWA – 12’’251
11. Jerome D’Ambrosio (Mahindra) – Mahindra – 18’’944
12. Alex Lynn (Jaguar) – Jaguar – 19’’420
13. Pascal Wehrlein (Mahindra) – Mahindra – 27’’144
14. Oliver Turvey (NIO) – NIO – 28’’045
15. Tom Dillmann (NIO) – NIO – 28’’580
16. Felipe Massa (Venturi) – Venturi – 28’’635
17. Mitch Evans (Jaguar) – Jaguar – 29’’099
18. Lucas Di Grassi (Audi) – Audi Abt – 1 volta

Abandonos:

Maximilian Gunther (Penske) – Dragon – 34
Edoardo Mortara (Venturi) – Venturi – 17
André Lotterer (DS) – DS Techeetah – 3
Jose Maria Lopez (Penske) – Dragon – 2

Campeonato:

1.Vergne 136 pontos. 2.Buemi 119; 3.Di Grassi 108; 4.Frijns 106 5.Evans 105; 6.Da Costa 99; 7.Abt 95 8.Lotterer 86; 9. Bird 85; 10. Rowland 71.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *