Fórmula-E: Lucas di Grassi é desclassificado, e Jerome d’Ambrosio herda vitória em Berlin

O brasileiro Lucas di Grassi (Audi Sport ABT) venceu neste sábado (23/05), o ePrix de Berlin, na Alemanha, oitava etapa da temporada.

Mas na vistoria após a prova, foi encontrada uma irregularidade na asa dianteira do carro. A defesa da equipe não foi aceita e a desclassificação confirmada. A Audi Sport ABT decidiu não apelar da decisão.

O belga Jerome d’Ambrosio (Dragon Racing), que terminou em segundo, herdou a vitória. Foi a primeira vitória do ex-piloto de F-1 na categoria. O suíço Sebastien Buemi (e.dams Renault) passou para a segunda posição, seguido pelo frances Loic Duval (Dragon Racing).

Di Grassi dominou a prova. Logo na terceira curva da volta inicial, o brasileiro assumiu a liderança, depois de um erro do pole-position, o italiano Jarno Trulli (TrulliGP). Com problemas no carro, Trulli foi perdendo posições.

Di Grassi rapidamente abriu vantagem. Na parada nos boxes, para a troca de carro, o ex-piloto da Virgin na F-1 tinha dez segundos de vantagem. Na parte final da prova, o brasileiro manteve o ritmo, e venceu com facilidade. Mas perdeu a vitória na vistoria pós-corrida.

Saindo da 13ª posição, o brasileiro Nelson Piquet Jr (China Racing) terminou em quarto. Com a desclassificação de Di Grassi, Piquet assumiu a liderança do campeonato.

Uma das estrelas da categoria, mas que até agora enfrentou muitos problemas, o alemão Nick Heidfeld (Venturi) conquistou o seu melhor resultado, com o quinto lugar. Seu parceiro de equipe, o francês Stephane Sarrazin, foi o sexto.

O francês Jean-Eric Vergne (Andretti), o britânico Sam Bird (Virgin Racing), o italiano Vitantonio Liuzzi (TrulliGP) e o francês Nicolas Prost (e.dams Renault) completaram a zona de pontos.

O brasileiro Bruno Senna (Mahindra Racing) terminou na 17ª posição.

Com a desclassificação, Di Grassi perdeu 25 pontos, e caiu da liderança para a terceira posição no campeonato, com 93 pontos. Piquet lidera com 103 pontos, dois a mais do que Buemi.

A próxima etapa acontece em Moscou, na Rússia, no dia seis de junho.

Final:

1. Jerome d’Ambrosio BEL Dragon Racing 33 voltas em 48m26s566s
2. Sebastien Buemi SUI e.dams Renault +2.433s
3. Loic Duval FRA Dragon Racing +3.508s
4. Nelson Piquet Jr BRA China Racing +3.975s
5. Nick Heidfeld ALE Venturi +13.046s
6. Stephane Sarrazin FRA Venturi +13.335s
7. Jean-Eric Vergne FRA Andretti +13.678
8. Sam Bird GBR Virgin Racing +14.055s
9. Vitantonio Liuzzi ITA TrulliGP +15.636s
10. Nicolas Prost FRA e.dams Renault +16.602s
11. Antonio Felix da Costa POR Amlin Aguri +16.797s
12. Jaime Alguersuari ESP Virgin Racing +20.594s
13. Scott Speed EUA Andretti +21.149s
14. Daniel Abt ALE Audi Sport ABT +23.668s
15. Charles Pic  FRA China Racing +25.491s
16. Salvador Duran MEX Amlin Aguri +44.137s
17. Bruno Senna  BRA Mahindra Racing +46.257s
18. Karun Chandhok IND Mahindra Racing +52.703s
19. Jarno Trulli ITA TrulliGP +2 voltas
EXC. Lucas di Grassi BRA Audi Sport ABT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *