Fórmula-E: Lucas Di Grassi e Edoardo Mortara vencem no México

O brasileiro Lucas Di Grassi (Audi Abt) e o italiano Edoardo Mortara (Venturi) foram os vencedores da rodada dupla do e-Prix de Puebla, no México, válida pela oitava e nona etapas da temporada 2020/2021.

No sábado (19/06) Di Grassi herdou a vitória após a desclassificação, por uma infração técnica, do alemão Pascal Wehrlein (Porsche), que havia largado na pole e dominado a prova. Foi a sua primeira vitória na temporada. O alemão Rene Rast completou a dobradinha da Audi Sport ABT Schaeffler Formula E Team. Mortara fechou o pódio.

“Gostaria de agradecer a Audi Sport. Muitas vezes, parece que o automobilismo é um esporte individual, mas não é. Que esta vitória seja um ponto de virada para a equipe”, disse Di Grassi, logo após a corrida. “Este é o primeiro pódio da Audi neste ano, e junto com o René (Rast, companheiro de equipe). A gente tinha ritmo, faltava acertar uma corrida”, completou o piloto.

Alexander Sims (Mahindra) terminou em quarto, seguido pelo britânico Jake Dennis (BMW Andretti) e o atual campeão, o portugues Antonio Felix da Costa (DS Techeetah).

O brasileiro Sérgio Sette Camara (Dragon) terminou na 15ª posição.

Puebla, gara 2<br />Super Mortara, vittoria e leadership

Neste domingo (20/06) Mortara venceu a segunda prova. Com a sua primeira vitória na temporada o italiano assumiu a liderança do campeonato. Wehrlein terminou em segundo, seguido pelo neozelandês Nick Cassidy (Virgin).

Pole-position o britânico Oliver Rowland (Nissan e.dams) foi o quarto, seguido por Dennis e o britânico Alex Lynn (Mahindra). Câmara terminou na 16ª posição, duas a frente de Di Grassi.

Mortara lidera o campeonato com 72 pontos, dez a mais do que o holandês Robin Frijns (- Mahindra), que não somou pontos no México.

A próxima etapa, o e-Prix de Nova Iorque, acontece nos dias 10 e 11 de julho.

Final, prova 1, sábado 19/06:

1 – Lucas Di Grassi (Audi) – Audi Abt – 28 voltas em 47’40″772
2 – René Rast (Audi) – Audi Abt – 0″497
3 – Edoardo Mortara (Mercedes) – Venturi – 2″774
4 – Alexander Sims (Mahindra) – Mahindra – 10″443
5 – Jake Dennis (BMW) – BMW Andretti – 11″473
6 – António Félix da Costa (DS) – DS Techeetah – 11″624
7 – Stoffel Vandoorne (Mercedes) – Mercedes – 12″022
8 – Mitch Evans (Jaguar) – Jaguar – 12″351
9 – Nyck de Vries (Mercedes) – Mercedes – 12″936
10 – Alex Lynn (Mahindra) – Mahindra – 13″154
11 – Oliver Turvey (NIO) – NIO – 14″548
12 – Maximilian Günther (BMW) – BMW Andretti – 15″257
13 – Tom Blomqvist (NIO) – NIO – 15″442
14 – Norman Nato (Mercedes) – Venturi – 15″756
15 – Sérgio Sette Camara (Penske) – Dragon – 16″971
16 – Robin Frijns (Audi) – Virgin – 17″942
17 – Joel Eriksson (Penske) – Dragon – 18″285

Volta mais rápida: Oliver Rowland 1’25″172

Abandonos:

Sam Bird (Jaguar) – Jaguar – 15 voltas
Jean-Eric Vergne (DS) – DS Techeetah – 12
Nick Cassidy (Audi) – Virgin – 1

Desclassificados:

Pascal Wehrlein (Porsche) – Porsche –
André Lotterer (Porsche) – Porsche –
Sebastien Buemi (Nissan) – Nissan e.dams –
Oliver Rowland (Nissan) – Nissan e.dams –

Final, prova 2, domingo 20/06:

1 – Edoardo Mortara (Mercedes) – Venturi – 32 voltas em 46’41″685
2 – Pascal Wehrlein (Porsche) – Porsche – 2″296
3 – Nick Cassidy (Audi) – Virgin – 4″169
4 – Oliver Rowland (Nissan) – Nissan e.dams – 6″912
5 – Jake Dennis (BMW) – BMW Andretti – 9″986
6 – Alex Lynn (Mahindra) – Mahindra – 10″630
7 – Maximilian Gunther (BMW) – BMW Andretti – 10″968
8 – Jean-Eric Vergne (DS) – DS Techeetah – 21″111
9 – Mitch Evans (Jaguar) – Jaguar Racing – 21″261
10 – René Rast (Audi) – Audi Abt – 21″896
11 – Robin Frijns (Audi) – Mahindra – 22″216
12 – Sam Bird (Jaguar) – Jaguar – 27″945
13 – Stoffel Vandoorne (Mercedes) – Mercedes – 28″578
14 – Sébastien Buemi (Nissan) – Nissan e.dams – 35″720
15 – Joel Eriksson (Penske) – Dragon – 41″027
16 – Sergio Sette Camara (Penske) – Dragon – 41″029
17 – André Lotterer (Porsche) – Porsche – 46″250
18 – Lucas Di Grassi (Audi) – Audi Abt – 1’26″473

Volta mais rápida: René Rast 1’25″370

Abandonos:

Tom Blomqvist (NIO) – NIO – 28 voltas
Antonio Felix da Costa (DS) – DS Techeetah – 24
Alexander Sims (Mahindra) – Mahindra – 20
Oliver Turvey (NIO) – NIO – 15
Norman Nato (Mercedes) – Venturi – 11
Nyck De Vries (Mercedes) – Mercedes – 7

Campeonato:

1.Mortara 72 pontos; 2.Frijns 62; 3.Felix da Costa 60; 4.Rast 60; 5.Evans 60; 6.De Vries 59; 7.Vandoorne 54; 8.Dennis 54; 9.Wehrlein 50; 10.Vergne 50

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *