Fórmula-E: Sam Bird vence e-Prix de Roma


TwitterFacebookWhatsAppGoogle+Pin It

O britânico Sam Bird (DS Virgin) venceu neste sábado (14/04) o e-Prix de Roma, na Itália, sétima etapa da temporada 2017/2018. Foi a segunda vitória de Bird na temporada, e sétima na categoria. O brasileiro Lucas di Grassi (Audi) e o alemão André Lotterer (Techeetah) completaram o pódio.

Pole-position o sueco Felix Rosenqvist (Mahindra) liderou a prova até volta 23, quando errou e bateu na barreira de proteção. Abandonando com a roda traseira esquerda quebrada. A bandeira amarela foi acionada pela segunda vez. A primeira amarela aconteceu pouco depois do pits stops para a troca de carros, com a batida do britânico Alex Lynn (DS Virgin).

Bird assumiu a ponta, e resistiu aos ataques de di Grassi nas voltas finais. Recebendo a bandeirada com 0s970 de vantagem sobre o atual campeão.

“Não foi fácil, mas parabéns a todos. Conseguir a primeira vitória em Roma é incrível. Esta será sempre uma corrida histórica”, disse o britânico, admitindo que conquistou o triunfo muito por conta do erro cometido pelo rival sueco. “Com toda a honestidade, se Rosenqvist não tivesse cometido esse erro, acho que ele teria vencido”, concluiu.

“Temos condições de brigar por bons resultados assim até o final do campeonato da F-E. E isso é uma ótima notícia”, comentou Di Grassi após a corrida. Lucas também comemorou a votação popular para o fan boost, que mais uma vez lhe rendeu a maior quantidade de votos pela internet entre todos os pilotos do grid. “Muito legal ver que o pessoal me apoia sempre. Isso sempre me deixa muito feliz. E um dos aspectos mais bacanas de um ótimo final de semana que tivemos aqui na Itália”, disse di Grassi depois de seu segundo lugar consecutivo.

Lotterer fechou o pódio.

O alemão Daniel Abt (Audi) terminou em quarto, seguido pelo líder do campeonato, o francês Jean-Eric Vergne (Techeetah) e o suíço Sébastien Buemi (Renault e.dams).

O belga Jerome D’Ambrosio (Dragon), o alemão Maro Engel (Venturi), o neozelandês Mitch Evans (Jaguar) e o italiano Edoardo Mortara (Venturi) completaram a zona de pontos.

O brasileiro Nelsinho Piquet (Jaguar) abandonou na volta 19. Primeiro campeão da categoria, Piquet já havia perdido muito tempo, após ficar parado no pit lane.

Vergne lidera o campeonato com 119 pontos, seguido por Bird com 101 e Roseqvist com 82.

A próxima etapa, o e-Prix de Paris, na França, acontece no dia 28 de abril.

Final:

1 – Sam Bird (DS Virgin) – DS Virgin – 33 voltas
2 – Lucas Di Grassi (Audi) – Audi – 0.970
3 – Andre Lotterer (Renault) – Techeetah – 9’’518
4 – Daniel Abt (Audi) – Audi – 10’’167
5 – Jean-Eric Vergne (Renault) – Techeetah – 17’’444
6 – Sebastien Buemi (Renault) – Renault e.dams – 19’’835
7 – Jerome D’Ambrosio (Penske) – Dragon – 24’’379
8 – Maro Engel (Venturi) – Venturi – 26’’350
9 – Mitch Evans (Jaguar) – Jaguar – 37’’709
10 – Edoardo Mortara (Venturi) – Venturi – 40’’739
11 – Antonio Felix da Costa (Andretti) – Andretti – 42’’680
12 – Oliver Turvey (NextEV) – NIO – 48’’833
13 – Luca Filippi (NextEV) – NIO – 49’’331
14 – Nicolas Prost (Renault) – Renault e.dams – 1’13’’860
15 – Tom Blomqvist (Andretti) – Andretti – 1’31’’832
16 – Nick Heidfeld (Mahindra) – Mahindra – 1’44’’774

Abandonos:

Jose Maria Lopez (Penske) – Dragon – 31
Felix Rosenqvist (Mahindra) – Mahindra – 22
Nelson Piquet (Jaguar) – Jaguar – 18
Alex Lynn (DS Virgin) – DS Virgin – 15

Campeonato:

1.Vergne 119; 2.Bird 101 79; 3.Rosenqvist 82; 4.Buemi 60; 5.Abt 50; 6. Piquet Jr 45; 7.Evans 43; 8.Di Grassi 39; 9.Lotterer 33; 10.Turvey 32.

Compartilhar
TwitterFacebookWhatsAppGoogle+Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *