Fórmula E: Sam Bird vence em Putrajaya

O britânico Sam Bird (Virgin Racing) venceu neste sábado (22/11), em Putrajaya, na Malásia, a segunda etapa da temporada. Foi a primeira vitória de Bird na categoria. O brasileiro Lucas di Grassi (Audi Sport Abt) e o suíço Sébastien Buemi (Team e.Dams Renault) completaram o pódio.

Pole-position, o espanhol Oriol Servià (Dragon Racing) manteve a ponta na largada, seguido por Bird. Logo nas primeiras curvas, as duas mulheres do grid se enroscaram. A britânica Katherine Legge (Amlin Aguri) escorregou e acertou a italiana Michela Cerruti (Trulli Team). O Safety-Car foi acionado.

Pouco depois da relargada, Bird superou Servià, e assumiu a liderança. Na 8ª volta, o alemão Nick Heidfeld (Venturi) levou uma espremida no muro do francês Frank Montagny (Andretti Autosport), com o Safety-car sendo novamente acionado.

Bird manteve a ponta no recomeço. Com 17 voltas completadas, os pilotos começaram a entrar nos boxes, para a troca de carro.

Bird foi o último a fazer a parada nos boxes, e voltou em segundo, atrás do alemão Daniel Abt (Audi Sport Abt), que tinha uma estratégia de corrida diferente.

Na 22ª volta o brasileiro Nelsinho Piquet (Dragon Racing) e o italiano Jarno Trulli (Trulli Team) disputavam a terceira posição. Piquet levou uma fechada do italiano e foi para o muro. Com o carro danificado, o brasileiro abandonou. Trulli já havia recebido um drive-through, antes do acidente, e ainda não havia cumprido a punição.

Abt mantinha a ponta, mas era cerca de três segundos mais lento do que Bird, por volta. Faltando quatro voltas para o final, Bird reassumiu a liderança. Abt então começou a perder posições.

Bird era o primeiro, seguido por di Grassi (em ótima corrida de recuperação após largar no final do grid), Buemi e o brasileiro Bruno Senna (Mahindra Racing). Faltando poucas curvas para o final, Senna bateu no muro da curva nove.

Bird recebeu a bandeirada com quatro segundos de vantagem sobre Di Grassi. Buemi fechou o pódio.

O francês Nicolas Prost (Team e.Dams Renault), que marcou a pole mas foi punido, terminou em quarto, seguido pelo belga Jerome D’Ambrosio (Dragon Racing).

O indiano Karun Chandhok (Mahindra Racing), Servià, o português Antônio Felix da Costa (Amlin Aguri), o espanhol Jaime Alguersuari (Virgin Racing) e Abt, fecharam a zona de pontos.

Final:

1. Sam Bird, Virgin Racing, 51:11.979

2. Lucas di Grassi, Audi Sport ABT, +4.175s

3. Sebastien Buemi, e.dams-Renault, +5.739s

4. Nicolas Prost, e.dams-Renault, +9.552s

5. Jerome d’Ambrosio, Dragon Racing, +13.722s

6. Karun Chandhok, Mahindra Racing, +17.158s

7. Oriol Servia, Dragon Racing, +18.621s

8. Antonio Felix da Costa, Amlin Aguri, +19.926s

9. Jaime Alguersuari, Virgin Racing, +20.053s

10. Daniel Abt, Audi Sport ABT, +45.663s

11. Ho-Pin Tung, China Racing, +55.833s

12. Stephane Sarrazin, Venturi, +56.626s

13. Matthew Brabham, Andretti, +1:05.036s

14. Bruno Senna, Mahindra Racing, +1 lap

15. Franck Montagny, Andretti, +1 lap

16. Katherine Legge, Amlin Aguri, +3 laps

17. Jarno Trulli, Trulli, +3 laps

18. Nelson Piquet Jr, China Racing, abandono

19. Michela Cerruti, Trulli, abandono

Exc. Nick Heidfeld, Venturi,

 

Campeonato:

 

1. Lucas di Grassi 43pts

2. Sam Bird 40pts

3. Franck Montagny 18pts

4. Nicolas Prost  18pts

5. Jerome d’Ambrosio 18pts

6. Karun Chandhok 18pts

7. Sebastien Buemi  15pts

8. Charles Pic  12pts

9. Oriol Servia 12pts

10. Nelson Piquet Jr 4pts

 

Equipes:

 

1. Audi Sport ABT Formula E  45pts  

2. Virgin Racing Formula E  44pts

3. e.dams-Renault Formula E 33pts

4. Andretti Formula E  30pts

5. Dragon Racing Formula E 30pts

6. Mahindra Racing Formula E 18pts

7. Amlin Aguri Formula E  6pts

8. China Racing Formula E  4pts

9. Venturi Formula E  2pts

10. Trulli Formula E 0pts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *