Fórmula-E: Sébastien Buemi vence em Punta del Este

O suíço Sébastien Buemi (Team e.dams Renault) venceu neste sábado, no circuito montado nas ruas da cidade uruguaia de Punta del Este, a terceira etapa da Fórmula-E. Foi a primeira vitória da Buemi na categoria. Os brasileiros Nelsinho Piquet (China Racing Formula E Team) e Lucas di Grassi (Audi Sport ABT Formula E Team) completaram o pódio.

Na largada, o pole-position, o estreante francês Jean Eric-Vergne (Andretti Autosport Formula E Team) foi superado por Piquet.

Logo na terceira volta, o britânico Sam Bird (Virgin Racing Formula E Team) vencedor da etapa anterior em Putrajaya, na Malásia, bateu no muro. O Safety-Car foi acionado.

Na sexta volta, a prova recomeçou com Piquet mantendo a ponta, seguido por Vergne e Buemi. Três voltas depois, o português Antônio Felix da Costa (Amlin Aguri) bateu, e provocou o segundo Safety-Car.

Na 11ª volta, aconteceu a relargada. Piquet era o primeiro, com Vergne em segundo, seguido por Buemi.  Na 14ª volta, Vergne superou Piquet e reassumiu a liderança.

Com a abertura da janela de paradas nos boxes, para a troca de carro, Vergne entrou nos pits pouco antes da bandeira amarela ser novamente agitada.

Disputando posição, o norte-americano Matthew Brabham (Andretti Autosport Formula E Team) e o francês Stéphane Sarrazin (Venturi Formula E Team) se tocaram. O veterano francês foi para o muro, e abandonou.

O alemão Nick Heidfeld (Venturi Formula E Team) era o líder na relargada, na 17ª volta. Mas logo após a relargada, o alemão foi punido com um drive-through, por ultrapassar o limite de 150 kw de potência (Heidfeld seria punido novamente com um drive-through, por não respeitar o tempo limite nos boxes durante o pit stop). O belga Jerome D’Ambrosio também foi punido, por não respeitar o tempo limite nos boxes durante o pit stop.

Buemi assumiu a liderança, seguido por Vergne, Piquet e Nicolas Prost (Team e.dams Renault).  Por usar a energia das baterias do carro acima do limite, Prost foi punido com um drive-through. A italiana Michela Cerruti (Trulli Formula E Team), por excesso de velocidade nos pits, levou um drive-through.

Na 28ª volta, Brabham vinha em sexto lugar, quando acertou com força o muro, após levar um toque do espanhol Jaime Alguersuari (Virgin Racing Formula E Team). Enquanto o Safety-Car entrava na pista pela quarta vez, o neto do Tricampeão Mundial de F-1, Jack Brabham, sentava atrás do alambrado totalmente desolado.

A prova recomeçou para mais duas voltas em bandeira verde. Vergne, em segundo, foi ficando sem bateria, sendo facilmente ultrapassado, até parar na pista.

Buemi controlou os avanços de Piquet, e recebeu a bandeirada com apenas um segundo de vantagem. Di Grassi, que subiu ao pódio em todas as etapas, fechou o pódio.

O italiano Jarno Trulli (Trulli Formula E Team) terminou em quarto, seguido por Alguersuari.

O brasileiro Bruno Senna (Mahindra Racing Formula E Team), que largou em último (devido a uma penalização) fez uma grande prova, sendo o sexto colocado. No momento da rodada de Sarrazin, Senna deu um toque no muro com a traseira esquerda, que quebrou. Como a troca de carro, o piloto resolveu o problema.

Prost, D’Ambrosio, o espanhol Oriol Servià (Dragon Racing Formula E Team) e Heidfeld completaram a zona de pontos.
    

Pela volta mais rápida, o alemão Daniel Abt (Audi Sport ABT Formula E Team) ganhou dois pontos.

Di Grassi lidera o campeonato com 58 pontos, 18 a mais do que Buemi.

A próxima etapa está marcada para 10 de janeiro em Buenos Aires. Neste domingo, porém, os carros e os pilotos voltarão ao traçado da Playa Brava para realizar um simulado completo com vistas à corrida da capital argentina.

Final:

1 – Sebastien Buemi – e.dams – 49m08.990
2 – Nelsinho Piquet – China – a 0.732
3 – Lucas di Grassi – Audi Abt  – a 2.635
4 – Jarno Trulli – Trulli – a 4.163
5 – Jaime Alguersuari – Virgin a 4.698
6 – Bruno Senna – Mahindra – a 5.197
7 – Nicolas Prost – e.dams a 6.514
8 – Jerome D’Ambrosio – Dragon – a 7.567
9 – Oriol Servia – Dragon – a 8.646
10 – Nick Heidfeld – Venturi – a 10.563
11 – Antonio Garcia – China – a 10.594
12 – Michela Cerruti – Trulli – a 19.617
13 – Karun Chandhok – Mahindra – a 54.175
14 – Jean-Eric Vergne – Andretti – 2 voltas
15 – Daniel Abt – Audi Abt – 3 voltas
16 – Salvador Duran – Aguri – 4 voltas

Abandonos:
Mattew  Brabham – Andretti – 27 voltas
Stephane Sarrazin – Venturi – 16 voltas
Antonio Felix Da Costa – Aguri – 6 voltas
Sam Bird – Virgin – 4 voltas

Campeonato:

1 – Lucas di Grassi – 58
2 – Sebastien Buemi – 40
2 – Sam Bird – 40
4 – Nelsinho Piquet – 22
5 – Jerome D’Ambrosio – 22
6 – Nicolas Prost – 21
7 – Franck Montagny – 18
8 – Karun Chandhok – 18
9 – Oriol Servia – 17
10 – Jaime Alguersuari – 14
11 – Jarno Trulli – 12
12 – Charles Pic – 12
13 – Bruno Senna – 8
14 – Antonio Felix da Costa – 4
15 – Daniel Abt – 4
16 – Jean-Eric Vergne – 3
17 – Stephane Sarrazin – 2
18 – Takuma Sato – 2
19 – Nick Heidfeld – 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *