FRenault: Poucos pilotos se arriscaram a acelerar forte na pista encharcada e escorregadia

Debaixo de uma insistente chuva, o paulista Galid Osman Duda foi o mais rápido no treino livre de sexta-feira no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR), preparatório para a nona etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Renault, que vai ser disputada a partir das 14h30 de domingo (20/8). Ele foi cronometrado em 1:35.461, a média de apenas 139.34 Km/h. O líder do certame Felipe Lapenna (SP) ficou com o terceiro tempo, atrás do carioca Sérgio Alves, em um dia que os pilotos evitaram se arriscar, o que não impediu a interrupção da prática em três oportunidades para retirada de carros que rodaram e pararam em posição perigosa.

Os pilotos da equipe Cesário Fórmula foram os que mais treinaram completando um total de 19 voltas cada, para se readaptarem à categoria, já que a última prova que ambos disputaram foi de Fórmula 3, em Tarumã, no Rio Grande do Sul. “Demos várias voltas sem arriscar nada. Mudamos um pouco o acerto do carro e acredito que com os pneus adequados para a situação do momento, poderíamos ter virado entre os cinco mais rápidos”, explicou Felipe Ferreira (WebMotors/CVC/Hip Telecom/Puma), que fez sua primeira corrida de carros neste ano, justamente em Curitiba.

Neste sábado os pilotos voltam para o circuito de 3.695 metros da capital paranaense para o segundo treino livre, e a classificação para a definição do grid de largada das 15h00 às 15h30. “Hoje (sexta-feira) não tinha muito sentido acelerar tudo e arriscar uma batida. Já amanhã (sábado) não tem como segurar. Vamos ter que acelerar, com chuva ou no seco, para acertar bem o carro e tentar uma posição de largada no bolo da frente”, planeja o piloto da WebMotors/CVC/Hip Telecom/ Puma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *