FRenault: Sérgio Alves conquista 11 posições em Tarumã

Um problema no treino classificatório fez com que o piloto largasse em último na 8ª etapa. Mesmo assim, ele conseguiu marcar pontos importantes para o campeonato.

Os pilotos da Fórmula Renault Brasileira completaram neste domingo (dia 16) mais uma rodada da categoria, no circuito de Tarumã, em Viamão (RS). O vencedor da 8ª etapa foi o líder do campeonato Felipe Lapenna, que completou as 32 voltas em 35min56s809. O carioca Sérgio Alves (Coveli), que não teve tanta sorte na etapa de sábado (14), foi o sétimo colocado.

A prova deste domingo começou com um susto, quando o carro do piloto Cláudio Cantelli pegou fogo no grid e provocou o adiamento da largada. Felizmente, o piloto nada sofreu. Em seguida, na segunda tentativa de iniciar a prova, outro carro ficou parado no grid e novamente a largada foi abortada.

Quando a prova começou, Sérgio Alves, que largou em último (18º), veio pra cima e já fechou a primeira volta em 11º lugar.

No treino classificatório para a corrida, realizado no sábado, Sérgio acabou não completando nenhuma volta. Quando saiu dos boxes, o carro apagou. O problema foi um mau contato no terminal da bomba de combustível. Como na pista o piloto não pode receber ajuda externa no classificatório, Sérgio não teve como voltar para os boxes e tentar resolver o problema.

“Larguei sem muitas expectativas, especialmente depois dos problemas que tivemos no sábado, mas o carro estava bom e acabei terminando em sétimo e marcando pontos importantes para o campeonato”, contou Sérgio, que é o sexto colocado na classificação, com 63 pontos.

Na 7ª etapa, realizada ontem, o vencedor foi o piloto Rick Rosin. Sérgio terminou em 11º lugar e marcou um ponto pela volta mais rápida da prova. O piloto, que havia largado em nono, foi um dos poucos que arriscou a largar com pneus slicks (a pista inda estava bastante molhada no início da prova) e a estratégia tinha tudo para dar certo, não fosse uma punição.

“Fiquei um pouco chateado com o que aconteceu, porque nossa estratégia era perfeita e, com certeza, eu estaria no pódio. Tanto é verdade que o Rosin (que também estava com slicks) vinha bem atrás de mim, quando tomei a punição”, explicou o piloto.

Sérgio foi punido com um drive-thru quando o Safety Car entrou na pista ainda no início da 7ª etapa. “O piloto que estava na minha frente se assustou com a entrada do safety e freou inesperadamente. Para não bater, eu tentei desviar e acabei rodando. Não perdi muito tempo, mas três carros me passaram e eu retomei as posições, porque já havia dado a bandeira amarela. A direção de prova, no entanto, julgou erradamente e me puniu”, lamentou.

A próxima rodada da Fórmula Renault foi confirmada para Curitiba (PR) nos dias 19 e 20 de agosto.

“Fiquei feliz por saber que a prova não será mais em Salvador, mas em Curitiba, porque eu já conheço a pista. Então espero estar brigando pelo pódio”, finalizou Sérgio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *